Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.767,93
    -629,80 (-1,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Operador de dutos de combustíveis dos EUA busca se recuperar de ataque cibernético

·1 minuto de leitura

(Reuters) - A principal operadora de dutos de combustíveis dos EUA, Colonial Pipeline, trabalhou neste domingo para se recuperar de um ataque cibernético de ransomware que a forçou a paralisar operações na sexta-feira e gerou preocupações de um aumento nos preços da gasolina no varejo.

A Colonial disse no sábado que estava "continuando a monitorar o impacto dessa paralisação temporária do serviço" e a trabalhar para restaurar o serviço. Não deu uma estimativa para uma data de reinício e declinou fazer comentários adicionais neste domingo.

O incidente é uma das operações de resgate digital mais perturbadoras já relatadas e levou a pedidos de legisladores americanos para reforçar as proteções para a infraestrutura de energia dos EUA contra hackers.

A colonial movimenta 2,5 milhões de barris por dia de gasolina e outros combustíveis de refinarias da Costa do Golfo para consumidores no meio do Atlântico e sudeste dos Estados Unidos.

Sua rede de 8.850 km atende os principais aeroportos dos EUA, incluindo o Aeroporto Hartsfield Jackson de Atlanta, o mais movimentado do mundo em tráfego de passageiros.

Especialistas em combustível de varejo, incluindo a American Automobile Association, disseram que uma interrupção de vários dias poderia ter impactos significativos no fornecimento de combustível regional, particularmente no sudeste dos EUA.

Enquanto a investigação do governo dos EUA está nos estágios iniciais, um ex-funcionário dos EUA e duas fontes da indústria disseram que os hackers são provavelmente um grupo cibercriminoso profissional e que um grupo apelidado de "DarkSide" estava entre os possíveis suspeitos.

(Por Richard Valdmanis)