Mercado abrirá em 7 h 19 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,88
    +1,48 (+1,32%)
     
  • OURO

    1.808,00
    -10,90 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    29.973,58
    -356,13 (-1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    673,52
    +430,84 (+177,54%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.516,93
    -85,59 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    26.848,14
    +188,39 (+0,71%)
     
  • NASDAQ

    12.507,25
    -53,00 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2039
    -0,0065 (-0,12%)
     

Operação da Policia Civil de SP mira roubo de celulares para uso ilegal de PIX

A Polícia Civil de São Paulo realizou na última quarta-feira (4) uma operação contra grupos que utilizam celulares roubados para receber pagamentos via PIX. No total, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão nas regiões da Santa Ifigênia e da baixada do Glicério, na capital paulista. Um suspeito foi detido.

Em um dos endereços investigados na operação, a polícia identificou na baixada do Glicério uma "Central do PIX" — um imóvel em que receptadores de celulares multiplicam os prejuízos das vítimas por meio da realização de transferências ilegais. Um dos quartos do apartamento foi interpretado como um possível local em que pessoas sequestradas pela gangue poderiam ser mantidas e obrigadas a realizar transações.

Na operação, além do suspeito, foram apreendidos mais de 50 celulares, cerca de R$ 100 mil em espécie, imitações de armas de fogo, cartões de banco e maquininhas de cobrança, drogas e dois carros de luxo.

Operações complementares em São Paulo

<em>Roubos de celulares em São Paulo (e em todo país) aumentaram após lançamento do PIX. (Imagem: Caio Carvalho/Canaltech)</em>
Roubos de celulares em São Paulo (e em todo país) aumentaram após lançamento do PIX. (Imagem: Caio Carvalho/Canaltech)

A movimentação foi a segunda fase da operação batizada de Bad Delivery (entrega ruim, em tradução livre). A primeira fase ocorreu em março e focou em apreender os responsáveis por aluguel de contas laranjas para o recebimento de valores provenientes do crime.

Segundo Roberto Monteiro, delegado da 1ª Delegacia Seccional Centro, para reportagem do Estadão, a operação da quarta-feira a foi complementar á Operação Sufoco, anunciada no mesmo dia pelo governador do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), como forma de resposta aos constantes furtos de smartphones que ocorreram na cidade durante o primeiro trimestre de 2022 — ápice de uma crescente de roubos que começou em 2021, após os criminosos terem observados os possíveis lucros provenientes do PIX.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos