Mercado abrirá em 7 h 52 min
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,74 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,52 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,95
    +0,25 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.729,40
    -3,30 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    60.574,05
    +212,27 (+0,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.293,78
    -0,80 (-0,06%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.727,53
    +274,25 (+0,96%)
     
  • NIKKEI

    29.809,32
    +270,59 (+0,92%)
     
  • NASDAQ

    13.791,50
    -17,25 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8192
    -0,0113 (-0,17%)
     

Opções mostram traders mais confiantes em alta forte da Selic

Davison Santana
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os traders no Brasil estão cada vez mais pendendo para apostas de uma alta da Selic maior do que 50 pontos base na próxima quarta-feira, de acordo com dados do mercado de opções.

Opções digitais negociadas na bolsa mostram que os investidores atribuem uma probabilidade de 12% de o BC elevar o juro básico em um 1,0 pp, enquanto há uma semana essa aposta tinha apenas 4% de chances. Isso também é muito maior do que a possibilidade de 3% atribuída a um aperto de 0,25 pp. A curva de probabilidade implícita nas opções do Copom aponta para 95% de chances do ciclo de aperto monetário começar com pelo menos uma alta de 0,50 pp na quarta-feira.

O BC deve elevar a Selic pela primeira vez desde 2015, do nível de 2%, o mais baixo historicamente, diante da aceleração da inflação em meio ao aumento dos gastos do governo e à força do dólar.

A mediana dos economistas consultados pela Bloomberg também prevê um aumento de 0,50 pp, enquanto a curva de juros precifica uma alta 63 pontos base. Isso significa que um movimento de 50 pontos base está totalmente no preço. Dados de atividade mais fortes do que o esperado nesta segunda-feira ofereceram mais suporte para aqueles que esperam um aperto mais agressivo.

Ainda assim, o BC não conseguiu enviar qualquer sinal hawkish na ata de sua última reunião, publicada em 26 de janeiro, quando os membros do Copom disseram que o abandono do forward guidance não deveria ser interpretado como um sinal de que a Selic seria elevada imediatamente.

NOTA: Davison Santana é um estrategista de câmbio que escreve para a Bloomberg. As observações que ele faz são dele e não pretendem ser um conselho de investimentoAlgumas informações vêm de traders de câmbio familiarizados com as transações que pediram para não serem identificados porque não estão autorizados a falar publicamente

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.