Mercado abrirá em 3 h 20 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,33
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.786,00
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    49.579,83
    -885,62 (-1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.294,66
    -10,45 (-0,80%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.357,81
    +20,76 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.254,86
    +257,99 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.374,00
    -18,25 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2698
    -0,0043 (-0,07%)
     

ONS vê alta de 1,4% na carga de energia em novembro e chuva acima da média no Sudeste

·1 min de leitura
Distribuição de energia elétrica

SÃO PAULO (Reuters) -O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) estimou nesta sexta-feira um aumento de 1,4% na carga de energia elétrica no Brasil em novembro ante o mesmo mês de 2020, conforme relatório.

O avanço na projeção de carga é puxado pela região Nordeste, com estimativa de alta de 5,2% no comparativo anual e pelo Norte, com incremento de 5,1%. No Sul, a expectativa indica elevação de 1,3%, enquanto o previsão para Sudeste e Centro-Oeste é de queda de 0,3%.

O ONS ainda projetou chuvas em 106% da média histórica nas hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste, enquanto os reservatórios do Norte receberão precipitações de 155% da média histórica no mês.

Para o Nordeste, as chuvas foram projetadas em 76% da média histórica e para o Sul, em 64%.

(Por Nayara Figueiredo; edição de Roberto Samora)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos