Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.295,34
    -85,26 (-0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

ONS prevê mais chuvas em reservatórios de hidrelétricas do Sudeste em setembro

Vista da hidrelétrica de Furnas em Minas Gerais

SÃO PAULO (Reuters) - As chuvas em reservatórios de hidrelétricas do submercado Sudeste/Centro-Oeste deverão ser mais intensas em setembro do que o anteriormente previsto, segundo projeções do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgadas nesta sexta-feira.

Para este mês, o órgão passou a esperar chuvas equivalentes a 73% da média histórica, ante 67% previstos na semana anterior.

Com relação aos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste, a previsão é de que terminem o mês de setembro com 49,4% de capacidade, ante 49,2% esperados há uma semana. Atualmente, o nível é de 52,2%.

Já para outras regiões, o órgão revisou para baixo suas projeções de chuvas no Sul (107% da média histórica, ante 116%) e Norte (76%, ante 79%), enquanto para o Nordeste a estimativa se manteve em 65%.

A carga de energia elétrica deve retrair 3,0% em setembro ante igual período de 2021, queda um pouco mais acentuada frente aos -2,9% esperados na semana anterior.

(Por Letícia Fucuchima)