Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.585,47
    +136,03 (+0,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,75
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

ONS prevê alta de 1,2% na carga de energia no Brasil em dezembro

Lago de usina hidrelétrica no Estado de Rondônia

SÃO PAULO (Reuters) - A carga de energia elétrica no Brasil deve aumentar 1,2% em dezembro ante o registrado em igual período de 2021, segundo estimativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Em boletim divulgado nesta sexta-feira, o órgão projetou ainda que os reservatórios das usinas hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste devem encerrar o mês de dezembro com 52,1% da capacidade.

Isso representaria um aumento de 5,3 pontos percentuais frente ao armazenamento registrado nesta sexta-feira, de 46,8%, na região onde estão os maiores lagos de hidrelétricas do país.

O ONS também projetou que as hidrelétricas da região receberão chuvas equivalentes a 95% da média histórica em setembro.

Já nas demais regiões, a expectativa é de chuvas em 81% da média histórica no Sul, 81% no Nordeste e 159% no Norte.

(Por Letícia Fucuchima)