Mercado fechará em 1 h 49 min
  • BOVESPA

    113.166,57
    +893,56 (+0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.500,45
    -20,98 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,48
    +0,58 (+0,74%)
     
  • OURO

    1.943,10
    +3,90 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    23.116,41
    -79,85 (-0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    525,05
    +6,25 (+1,21%)
     
  • S&P500

    4.042,46
    +24,69 (+0,61%)
     
  • DOW JONES

    33.796,33
    +79,24 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    21.842,33
    -227,40 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    27.327,11
    -106,29 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.063,50
    +95,50 (+0,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5280
    -0,0190 (-0,34%)
     

ONS piora projeção de carga de energia em janeiro, vê menores reservatórios no SE/CO

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) voltou a reduzir sua projeção de carga para janeiro, e também diminuiu a estimativa para o nível de reservatório no Sudeste/Centro-Oeste no fim do mês, segundo boletim publicado nesta sexta-feira.

Para a carga, o órgão projetou recuo de 2,2% no primeiro mês de 2023 no comparativo anual, contra queda de 0,8% esperada na semana passada.

Já para os reservatórios de hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste, o ONS estimou que cheguem ao final de janeiro com 67% da capacidade, abaixo dos 68,6% projetados anteriormente.

No entanto, volume de chuvas que devem chegar às hidrelétricas da região no mês deve ser maior. A previsão do órgão é de chuvas em 122% da média histórica em janeiro, ante 119% previstos na semana anterior.

Para os demais submercados, foram elevadas as estimativas de chuvas para o Nordeste (108% da média histórica do mês, ante 107%) e Sul (84%, ante 72%), e reduzidas para o Norte (156%, ante 163%).

(Por Marta Nogueira)