Mercado fechará em 4 h 11 min
  • BOVESPA

    106.317,81
    -45,29 (-0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.526,16
    -188,44 (-0,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,20
    -0,46 (-0,56%)
     
  • OURO

    1.795,50
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    61.532,57
    +2.258,68 (+3,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,35
    +60,97 (+4,30%)
     
  • S&P500

    4.590,28
    +38,60 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    35.689,08
    +198,39 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.247,27
    -6,00 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.713,00
    +125,75 (+0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5426
    +0,1179 (+1,84%)
     

ONS eleva previsão de carga de energia em setembro; vê menos chuvas no Sul/Sudeste

·1 minuto de leitura
Imagem da hidrelétrica de Furnas em São José da Barra

SÃO PAULO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou nesta sexta-feira sua projeção de carga de energia no país em setembro para um crescimento de 1,5%, ante alta de apenas 0,4% na previsão anterior.

Em informe semanal, o ONS ainda apontou projeção de chuvas no Sul e Sudeste/Centro-Oeste inferiores ao projetado antes, um indicativo negativo para o país que precisa recuperar o quanto antes o nível dos reservatórios da hidrelétricas diante da pior crise hídrica em 91 anos.

O ONS agora apontou que as precipitações para as hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste, principal área de reservatórios de hidrelétricas do país, estão estimadas em 58% da média histórica, ante 59% na projeção da semana anterior.

O operador também reduziu as previsões de chuvas para o Sul, a 73% da média histórica, versus 76% na semana anterior.

O ONS projetou ainda chuvas em 47% da média histórica para hidrelétricas do Nordeste em setembro, ante 46% na projeção da semana anterior, enquanto para as hidrelétricas do Norte a perspectiva ficou estável em 77%.

(Por Roberto Samora)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos