Mercado abrirá em 3 h 48 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,94
    +1,68 (+2,54%)
     
  • OURO

    1.782,70
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    48.728,58
    -735,74 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.252,44
    -189,32 (-13,13%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    23.340,84
    -425,85 (-1,79%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.765,75
    +48,00 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3739
    -0,0214 (-0,33%)
     

ONG de apoio à saúde mental recusa doação de irmã de Britney Spears

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Show da cantora norte americana Britney Spears na Arena Anhembi, na capital paulista. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Show da cantora norte americana Britney Spears na Arena Anhembi, na capital paulista. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz e cantora Jamie Lynn Spears, 30, irmã da cantora Britney Spears, 39 tinha planos de doar os lucros de seu próximo livro para a organização This Is My Brave, que trata de saúde mental. Mas ela foi pega de surpresa esta semana depois que a organização recusou publicamente a doação prometida.

Uma fonte disse à People que Jamie Lynn ficou magoada com a decisão da organização de recusar qualquer doação dada a eles pela atriz, que anunciou seu livro "Things I Should Have Said", no início deste mês. Para a pessoa próxima a irmã de Britney, a instituição está dizendo que as lutas de saúde mental de uma pessoa são mais válidas e importantes do que outras.

Em uma declaração compartilhada no Instagram nesta segunda-feira (18), This Is My Brave escreveu que vai "entrar em ação" em resposta ao clamor público sobre a doação. Jamie Lynn foi criticada publicamente por não se manifestar publicamente durante a batalha de sua irmã Britney Spears para encerrar sua tutela de 13 anos.

"Nós ouvimos você. This Is My Brave foi recentemente recomendado para ser uma organização beneficiária dos rendimentos do próximo livro de Jamie Lynn Spears. Decidimos recusar a oferta de recebimento dos rendimentos das vendas do livro", escreveu a organização. "Nós ouvimos você. Estamos entrando em ação. Sentimos profundamente por qualquer um que ofendemos."

A fonte disse que o incidente foi "muito perturbador" para Jamie Lynn, que há muito tempo é associada com sua irmã Britney tanto em sua carreira quanto em sua vida pessoal. A fonte falou que Jamie Lynn sofreu abusos em sua vida e é isso que as pessoas não estão entendendo -ela tem suas próprias coisas pelas quais passou.

Segundo a fonte, a vida de Jamie Lynn só é falada em relação à sua família, embora ela também tenha lidado com problemas de saúde mental. Ela enfatizou que isso reforça todo o trauma da irmã de Britney - que a história dela não importa."

Jamie Lynn disse que vai se abrir sobre seus próprios problemas de saúde mental em seu livro para compartilhar sua verdade de maneira correta.

"Passei toda a minha vida acreditando que tinha que fingir ser perfeito, mesmo quando não era, então pela primeira vez estou me abrindo sobre minha própria saúde mental, porque esse processo me desafiou a ter que ser dolorosamente honesta comigo mesma e enfrento um monte de coisas difíceis, que eu normalmente teria apenas encoberto, como fui ensinada ", escreveu no Instagram, no início deste mês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos