Mercado fechará em 3 h 29 min

OnePlus confirma nova linha de celulares acessíveis, mas mantém nome em segredo

Felipe Junqueira

O aguardado celular de baixo custo da OnePlus existe! O próprio diretor-executivo da empresa, Pete Lau, confirmou que há planos de lançar um modelo mais barato ainda em 2020 — ele fez isso em uma postagem no fórum oficial da companhia. O executivo ainda revelou mais alguns detalhes e apresentou um perfil no Instagram que praticamente desmente um dos últimos rumores sobre o aparelho.

“Estou muito animado em anunciar que vamos levar a experiência premium, de flagship, que você espera da OnePlus, a uma linha de smartphone nova, mais acessível. Sei que é algo que muitos de vocês esperaram por muito tempo”, escreveu Lau.

Segundo o executivo, a nova linha vai começar aos poucos, chegando primeiro na Europa e Índia. “Mas não se preocupe, também estamos pensando em levar celulares acessíveis à América do Norte no futuro”, garantiu. Não foram revelados muitos detalhes sobre o produto, apenas que o encarregado é Paul Yu, “que chefiou o desenvolvimento de hardware de muitos dos nossos flagships dos últimos cinco anos”, contou Lau.

OnePlus Nord? Parece que não

Nada de especificações, faixa de preço, ou mesmo número de câmeras que podemos esperar do novo smartphone da OnePlus. As únicas revelações feitas por Lau foram que o aparelho será mais acessível e será lançado na Europa e naÍndia — mas não se sabe quando.

Nem mesmo o nome teve muita dica, exceto por um novo perfil de Instagram divulgado pelo executivo. Como ele se chama ‘onepluslitezthing’, tudo leva a crer que o tal OnePlus Nord está descartado. A conta é privada, então é necessário solciitar autorização para seguir antes de conseguir acesso às postagens.


Ao menos um dos rumores mais recentes, que fala em um lançamento no dia 10 de julho, ainda é plausível. A reportagem do Canaltech está aguardando a autorização para seguir o perfil para contar o que tem de especial por lá. Fique ligado que vamos contar tudo o que for interessante assim que descobrirmos.

Fonte: Canaltech