Mercado abrirá em 7 h 32 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,35 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,43 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,58
    -0,18 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.801,90
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    23.882,71
    +510,41 (+2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,61
    +14,74 (+2,71%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,07 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.137,46
    +91,69 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    27.982,89
    -266,35 (-0,94%)
     
  • NASDAQ

    13.212,00
    +28,75 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2117
    +0,0023 (+0,04%)
     

OnePlus Ace Pro com Snapdragon 8 Plus Gen 1 quebra recorde no AnTuTu

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Seguindo a confirmação do anúncio do OnePlus Ace Pro, a OnePlus indicou através das redes sociais que o dispositivo quebrará recordes no AnTuTu ao atingir mais de 1,14 milhão de pontos no popular benchmark. Com essa pontuação, a novidade se tornaria o aparelho Android com Snapdragon 8 Plus Gen 1 mais poderoso presente no banco de dados da plataforma, superando lançamentos recentes de marcas como ASUS e Xiaomi.

OnePlus Ace Pro quebra recorde no AnTuTu

Segundo a publicação da OnePlus, o novo celular da marca atinge os 1.141.383 pontos, que o posiciona como o celular com Snapdragon 8 Plus Gen 1 mais poderoso a passar pelo teste. Em comparação, o ASUS ROG Phone 6 e o Xiaomi 12S Ultra, únicos dispositivos lançados até o momento com o novo processador da Qualcomm, marcam 1,11 milhão e 1,10 milhão, respectivamente.

Além de reforçar as melhorias significativas apresentadas pelo chip frente ao Snapdragon 8 Gen 1 tradicional, os números sugerem que a OnePlus conseguiu desenvolver um sistema de refrigeração eficiente o suficiente parar tirar máximo proveito do componente. Dito isso, é importante lembrar que este é um resultado obtido e selecionado pela própria OnePlus, em condições ideais.

Utilizando RAM LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1 turbinado, o OnePlus Ace Pro teria ultrapassado a barreira dos 1,14 milhão de pontos no AnTuTu, quebrando recordes (Imagem: Divulgação/OnePlus)
Utilizando RAM LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1 turbinado, o OnePlus Ace Pro teria ultrapassado a barreira dos 1,14 milhão de pontos no AnTuTu, quebrando recordes (Imagem: Divulgação/OnePlus)

Fora isso, a companhia é conhecida por múltiplas polêmicas envolvendo benchmarks, em que o software de diversos smartphones da marca liberavam o potencial dos celulares em testes, limitando-o em apps do dia a dia para poupar bateria. O ideal é aguardar por testes de veículos especializados para sabermos se esse resultado é legítimo.

A postagem confirma ainda que o OnePlus Ace Pro terá outros aspectos de topo de linha premium que prometem entregar maior velocidade de carregamento e processamento, como o uso de memória RAM LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1 com overclock, ambos possíveis contribuintes para o resultado excepcional apresentado pelo telefone no AnTuTu.

Novidade abandona slider de alerta e câmeras Hasselblad

Com lançamento marcado para 3 de agosto, o OnePlus Ace Pro é aguardado como a versão chinesa do OnePlus 10T, próximo topo de linha da fabricante destinado ao mercado global. Reunindo os vazamentos e rumores, espera-se que o telefone traga recarga de 150 W, 15 antenas para melhor sinal de rede, câmera de 50 MP e um visual levemente modificado frente ao OnePlus 10 Pro, junto ao Snapdragon 8 Plus Gen 1 e às memórias de alta velocidade.

Com Snapdragon 8 Plus Gen 1 e design levemente modificado, o OnePlus 10T (ou OnePlus Ace Pro) estreia em agosto sem slider de alertas ou câmeras Hasselblad (Imagem: Divulgação/OnePlus)
Com Snapdragon 8 Plus Gen 1 e design levemente modificado, o OnePlus 10T (ou OnePlus Ace Pro) estreia em agosto sem slider de alertas ou câmeras Hasselblad (Imagem: Divulgação/OnePlus)

Também foram confirmadas duas mudanças de peso trazidas pelos aparelhos, começando pelo abandono do slider de alertas, presente desde o OnePlus 1 em celulares da marca. A mudança visaria reduzir a espessura do lançamento, considerando que o recurso ocuparia cerca de 30 mm² do interior, valor elevado quando consideramos que cada milímetro é precioso na adoção de diferentes funcionalidades em um dispositivo móvel.

A segunda e ainda mais marcante é a ausência de tecnologias e otimizações da Hasselblad, renomada fabricante de câmeras responsável por algumas das funções e componentes de imagem do OnePlus 9 e OnePlus 10 Pro. Apesar de indicar o fim da parceria entre as empresas, o verdadeiro motivo para essa ausência, segundo o designer-chefe da gigante, Hope Liu, seria o corte de custos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos