Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.935,46
    +1.566,57 (+4,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

OnePlus é acusada de limitar processamento do OnePlus 9 Pro para alguns aplicativos

·2 minuto de leitura
OnePlus é acusada de limitar processamento do OnePlus 9 Pro para alguns aplicativos
OnePlus é acusada de limitar processamento do OnePlus 9 Pro para alguns aplicativos

A fabricante chinesa de smartphones OnePlus foi acusada de limitar o processamento de seu principal produto, o OnePlus 9 Pro, de alguns aplicativos. A informação vem de um levantamento feito pelo site americano de notícias AnandTech.

Segundo a reportagem, a empresa deliberadamente impede que determinados apps acessem todo o poder do aparelho, impactando em sua performance no intuito, segundo o texto, de entregar uma vida de bateria mais otimizada.

Leia também

Testes de benchmark executados pelo site incluíram os aplicativos mais populares da Play Store, indo desde a suíte Office Mobile (Microsoft), navegadores de internet e jogos. Destes, a maioria parece não poder tirar proveito de todo o poder do OnePlus 9 Pro, com algumas exceções: o jogo Genshin Impact, dos estúdios miHoYo, parece não ser afetado e roda em pleno desempenho. O browser Vivaldi, da empresa homônima, também parece funcionar sem dificuldades.

Enquanto isso, apps como Zoom, WhatsApp, Instagram, TikTok, e até mesmo os pré-instalados, como Chrome e YouTube, tiveram algum tipo de perda ou redução. Basicamente, se você reconhece o app por nome, é bem provável que ele não rode plenamente no OnePlus 9 Pro.

“A situação toda é bem chocante, e certamente representa o primeiro caso de uma fabricante implementando detecção de aplicações e benchmarking desta maneira, com diferenças de desempenho em tamanho grau. Eu não sei bem o que dizer ou fazer quanto a isso, a não ser expor o caso e deixar que os consumidores tirem suas próprias conclusões”, disse Andrei Frumusamu, autor da reportagem veiculada pelo AnandTech.

Se a OnePlus está limitando o processamento para aplicativos específicos ou não, ou se (caso verdadeira), a acusação também recaia sobre outros aparelhos da companhia, ninguém sabe. A fabricante não respondeu às acusações até a finalização deste texto.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos