Mercado abrirá em 5 h 20 min
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,59
    -0,56 (-0,78%)
     
  • OURO

    1.809,70
    -51,70 (-2,78%)
     
  • BTC-USD

    39.296,82
    -956,27 (-2,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    976,56
    -15,91 (-1,60%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.155,55
    -29,40 (-0,41%)
     
  • HANG SENG

    28.516,64
    +79,80 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    29.018,33
    -272,68 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    13.912,50
    -68,75 (-0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0691
    +0,0071 (+0,12%)
     

OMS pede que países ricos doem vacinas ao invés de vacinar crianças

·1 minuto de leitura
Gana inicia imunização com segunda dose com vacinas fornecidas pelo esquema Covax

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta sexta-feira que países ricos reconsiderem planos de vacinar crianças e, ao invés disso, doem vacinas contra Covid-19 ao esquema Covax para países mais pobres.

O chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, também disse que o segundo ano da pandemia ruma para ser mais mortífero do que o primeiro e que a Índia é uma grande preocupação.

"Entendo por que alguns países querem vacinar suas crianças e adolescentes, mas neste momento peço que reconsiderem e, ao invés disso, doem vacinas para o #Covax", disse ele em uma reunião virtual em Genebra.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, acionou o alarme por causa da disseminação rápida do coronavírus pelo vasto interior do país nesta sexta-feira, quando o número oficial de infecções ultrapassou 24 milhões e 4 mil pessoas morreram pelo terceiro dia consecutivo.

Mais de 160,71 milhões de pessoas já foram infectadas pelo coronavírus em todo o globo, e 3.477.379 morreram, de acordo com uma contagem da Reuters.

Infecções foram relatadas em mais de 210 países e territórios desde que os primeiros casos foram identificados na China em dezembro de 2019.

(Por Emma Farge em Genebra e Michael Shields e John Miller em Zurique)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos