Mercado fechará em 4 h 46 min
  • BOVESPA

    108.978,05
    -1.808,38 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,69
    -699,51 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,89
    -0,53 (-0,64%)
     
  • OURO

    1.780,20
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    64.786,30
    -1.236,12 (-1,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.535,75
    +1,10 (+0,07%)
     
  • S&P500

    4.534,00
    -2,19 (-0,05%)
     
  • DOW JONES

    35.507,81
    -101,53 (-0,29%)
     
  • FTSE

    7.192,91
    -30,19 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.384,75
    +7,25 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5683
    +0,0487 (+0,75%)
     

OMS: metade dos países africanos vacinou apenas até 2% da população contra covid

·1 minuto de leitura
A meta de 10% de vacinados até 30 de setembro foi estabelecida em maio pela Assembleia Mundial da Saúde, de acordo com a OMS (AFP/Phill Magakoe)

Quinze dos 54 países da África vacinaram totalmente 10% de sua população contra a covid-19, enquanto metade dos países do continente vacinou apenas 2%, ou menos - anunciou o escritório regional Organização Mundial da Saúde (OMS) para a África, nesta quinta-feira (30).

A meta de 10% de vacinados até 30 de setembro foi estabelecida em maio pela Assembleia Mundial da Saúde, de acordo com a OMS.

"Quase 90% dos países de alta renda já alcançaram essa meta", comparou o órgão.

Na África, nove países, entre eles África do Sul, Marrocos e Tunísia, atingiram a meta no início de setembro, e outros seis aceleraram o ritmo para alcançá-la até o final do mês. Isso foi possível, graças ao aumento das entregas de vacinas, afirma o escritório da OMS na África.

Entre os mais vacinados no continente estão as ilhas Seychelles e Maurício - que imunizaram totalmente mais de 60% de sua população -, assim como Marrocos (48%), Tunísia, Comores e Cabo Verde, com mais de 20%.

"Os dados mais recentes mostram avanços limitados e ainda há muito a fazer para atingir a nova meta da OMS de vacinar completamente 40% da população até o final deste ano", frisou o coordenador do Programa de Imunização e Desenvolvimento de Vacinas do escritório da OMS para a África, Richard Mihigo, em entrevista coletiva.

Metade dos países africanos vacinou apenas 2%, ou menos, de sua população, alertou.

at/mbb/pc/es/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos