Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.652,27
    +1.966,66 (+4,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

OMS: ligação 'provável' entre problemas cardíacos e algumas vacinas anticovid

·2 minuto de leitura
Adolescente é vacinada contra a covid-19 em 13 de maio em Bloomfield Hills, Michigan

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta sexta-feira (9) que há uma ligação "provável" entre os casos de inflamação no coração e a injeção de vacinas contra a covid de RNA mensageiro, mas os benefícios do soro superam os riscos.

Especialistas do Comitê Consultivo Mundial da OMS sobre Segurança de Vacinas explicam que casos de miocardite - inflamação do músculo cardíaco - e pericardite - inflamação do revestimento do coração - foram registrados em vários países, especialmente nos Estados Unidos.

"Os casos relatados geralmente ocorreram alguns dias após a vacinação, mais frequentemente em homens jovens, e após a segunda dose das vacinas de RNA mensageiro contra a covid-19", disse ele.

Depois de revisar as informações disponíveis até o momento, os especialistas da OMS concluem que "as evidências atuais sugerem uma provável relação causal entre a miocardite e as vacinas de RNA mensageiro".

No entanto, observam que "os benefícios das vacinas de RNA mensageiro superam os riscos na redução de hospitalizações e mortes por covid-19.

Os especialistas da OMS também observam que os dados disponíveis sugerem que o curso imediato da miocardite e pericardite após a vacinação é geralmente leve e responsivo ao tratamento.

“Um acompanhamento está em andamento para determinar os efeitos de longo prazo” e atualizar as recomendações, dizem eles.

Em 23 de junho, as autoridades de saúde dos EUA indicaram que há uma relação "provável" entre os imunizantes contra a covid-19 da Pfizer e Moderna - vacinas de RNA mensageiro - e raros casos de inflamação cardíaca em adolescentes e adultos jovens, mas qualificaram que os benefícios dos remédios permanecem "muito sueriores" os riscos.

De acordo com a OMS, o Comitê de Avaliação de Risco de Farmacovigilância (CPVRA) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) revisou os dados mais recentes da Europa, em sua reunião de 5 a 8 de julho, e confirmou uma relação causal plausível entre miocardite e vacinas de RNA mensageiro.

A miocardite é uma doença rara que, segundo os especialistas, geralmente é causada por um vírus. O sintoma mais comum é a dor torácica, geralmente tratada com a administração de antiinflamatórios ou, se necessário, com fornecimento de oxigênio.

apo/mis/jvb/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos