Mercado abrirá em 10 mins
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,55
    -0,09 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.776,00
    +7,00 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    32.345,99
    -1.461,02 (-4,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    791,24
    -148,70 (-15,82%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.030,68
    +13,21 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.058,00
    +23,00 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0080
    -0,0281 (-0,47%)
     

OMS dá aprovação de emergência a 1ª vacina da China contra Covid-19

·2 minuto de leitura
Vacina da chinesa Sinopharm na Sérvia

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou a vacina contra Covid-19 da farmacêutica estatal chinesa Sinopharm para uso emergencial nesta sexta-feira, um estímulo ao empenho de Pequim para ter um papel importante na inoculação do mundo.

A vacina, um dos dois principais imunizantes chineses contra o coronavírus que foram dados a centenas de milhões de pessoas na China e em outros locais, é a primeira desenvolvida em um país de fora do Ocidente a receber aval da OMS.

Também é a primeira vez que a OMS dá aprovação de uso emergencial a uma vacina chinesa para qualquer doença infecciosa.

A OMS disse que pode chegar a uma decisão sobre a outra principal vacina chinesa contra Covid-19, a CoronaVac, feita pela Sinovac Biotech, na próxima semana. Os especialistas técnicos a revisaram na quarta-feira.

Arnaud Didierlaurent, presidente do grupo de assessoria técnica da OMS, declarou na coletiva de imprensa: "Começamos a revisar o relatório da Sinovac. Solicitamos informações adicionais à fabricante ... que esperamos receber em breve para tomar uma decisão".

Uma listagem de emergência da OMS é um sinal a agências reguladoras nacionais de que um produto é seguro e eficaz, e também permite que uma vacina seja incluída no Covax, um programa global para proporcionar vacinas sobretudo para países pobres que enfrentam problemas de suprimento.

"Isto amplia a lista de vacinas contra Covid-19 que o Covax pode comprar, e dá aos países a confiança para acelerar sua própria aprovação regulatória e importar e administrar uma vacina", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma entrevista coletiva.

Bruce Aylward, conselheiro sênior da OMS, disse que caberá à Sinopharm dizer quantas doses de sua vacina pode fornecer ao programa, mas acrescentou: "Eles estão pretendendo tentar fornecer um apoio substancial, tornar doses substanciais disponíveis ao mesmo tempo, é claro, em que tentam servir a população da China".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos