Mercado abrirá em 2 h 27 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,81
    +2,63 (+3,97%)
     
  • OURO

    1.781,40
    +4,90 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    57.029,64
    +605,04 (+1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.468,37
    +25,59 (+1,77%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.155,72
    +96,27 (+1,36%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.361,00
    +210,50 (+1,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3961
    +0,0261 (+0,41%)
     

OMS afirma que continua avaliando a vacina russa Sputnik V

·1 min de leitura
Caixa com ampolas da vacina Sputnik V

MOSCOU (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda está avaliando o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 Sputnik V, desenvolvida na Rússia, de acordo com atualização no site da OMS nesta quarta-feira.

"Assim como acontece com outras vacinas candidatas, a OMS segue avaliando as vacinas Sputnik V de diferentes locais de fabricação e publicará as decisões sobre seu status EUL (Lista de Uso de Emergência) quando todos os dados estiverem disponíveis e a revisão for concluída", afirmou a OMS em comentário por e-mail à Reuters.

A entidade disse que reiniciou o processo de avaliação para a vacina russa e que está aguardando a "conclusão da submissão contínua".

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), que promove a Sputnik V no exterior, informou que um grupo de inspetores da OMS deve visitar a Rússia em breve "para reunir todas as inspeções e documentos necessários sobre a Sputnik V".

Separadamente, Kirill Dmitriev, chefe do RDIF, disse à CNN esperar que a OMS aprove a Sputnik V nos próximos meses, informou a agência de notícias RIA.

A OMS disse em julho que sua análise de como a Rússia produz a vacina Sputnik V encontrou alguns problemas com o envasamento de frascos em uma fábrica. O fabricante disse que desde então resolveu todas as preocupações da OMS.

O RDIF tem financiado sistemas de teste, medicamentos e vacinas contra a Covid-19. O RDIF apoia o desenvolvimento da vacina Sputnik V pelo Gamaleya Center e está investindo na produção em massa da vacina.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin em Moscou)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos