Mercado abrirá em 5 h 42 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,13
    +0,84 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.762,50
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    42.912,14
    -2.733,25 (-5,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.075,35
    -59,04 (-5,20%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.960,69
    +56,78 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    24.089,37
    -9,77 (-0,04%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.083,75
    +74,25 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2897
    +0,0450 (+0,72%)
     

Olimpíada de Tóquio é a mais cara da história; entenda

·1 minuto de leitura
Evento extrapolou o valor previsto em três vezes mais (Getty Image)
Evento extrapolou o valor previsto em três vezes mais (Getty Image)
  • O evento gastou mais do que o dobro da média das outras Olimpíadas

  • Covid influenciou diretamente na mudança do orçamento 

  • Brasil também realizou uma celebração de alto custo

O espetáculo transmitido pelo Japão tem um preço: 28 bilhões de dólares para ser mais exato. Este valor é quase 30% a mais que a segunda olimpíada mais cara já produzida (Rússia, em 2014), e mais que duas vezes a média gasta pelos outros países (12 bilhões de dólares).

Leia também:

De acordo com os dados do Comitê de Olimpíadas Internacional sobre as olimpíadas, organizados pelo Cupom Válido, a pandemia influenciou diretamente na elevação dos custos de organização do espetáculo.

Historicamente, o valor estimado para a realização do evento sempre é ultrapassado na execução. Contudo, em Tóquio o orçamento foi excedido para um gasto três vezes maior do que o previsto. 

Uma estimativa aponta que o Japão teve uma perda de mais de 5,7 bilhões de dólares, com gasto adicionais com manutenção, custo com cancelamentos e reorganização do evento.

Reembolso de ingressos também pesou nas contas. Com 800.000 de estornos, a receita caiu significativamente. 

No Brasil, o gasto também foi exorbitante. Durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, o país ficou em 4ª posição com um dos maiores gastos envolvendo as olimpíadas, totalizando 13.7 bilhões de dólares.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos