Mercado fechará em 2 h 42 min
  • BOVESPA

    113.043,45
    -1.020,91 (-0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.274,45
    -189,82 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,19
    +0,89 (+1,21%)
     
  • OURO

    1.751,40
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    42.095,25
    -2.408,52 (-5,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.047,75
    -55,31 (-5,01%)
     
  • S&P500

    4.450,16
    +1,18 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.756,81
    -8,01 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.282,25
    -21,25 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2491
    +0,0241 (+0,39%)
     

Olimpíadas: Brasil começa bem no vôlei, mas decepciona na esgrima, na ginástica artística e no tiro

·4 minuto de leitura

A primeira noite/madrugada do Brasil nos Jogos Olímpicos teve boas estreias, algumas decepções e nada de medalhas. Favoritos a um lugar no pódio, o vôlei e o vôlei de praia começaram bem, apesar do nervosismo inicial. Já na ginástica, decepção com Arthur Nory e esperança com Arthur Zanetti. Nas disputas por medalhas, o país não levou nada no tiro esportivo, na esgrima e no judô.

Confira como foi a noite/madrugada do Brasil

Vôlei

Atual campeão da Liga das Nações de vôlei masculino, o Brasil encontrou surpreendente dificuldade no início do confronto com a Tunísia, na estreia em Tóquio. Apesar de ter ficado em desvantagem nas duas primeiras parciais, o time de Renan Dal Zotto buscou a virada em ambos os sets e, no terceiro, fechou com tranquilidade: 3 sets a 0 (25/22, 25/20 e 25/15). O próximo jogo da equipe será na segunda-feira, às 9h45 (de Brasília), contra a Argentina.

Vôlei de praia

Sem grandes complicações, as duplas brasileiras confirmaram o favoritismo e bateram as adversárias argentinas na estreia do vôlei de praia. Alison e Álvaro abriram a noite contra Ulian Amado Azaad e Nicolas Capogrosso e dominaram o primeiro set para administrar a vitória tranquila por 2 a 0 (21/16 e 21/17).

Na partida seguinte, Ágatha e Duda despacharam Ana Gallay e Fernanda Pereyra, também por 2 sets a 0. Uma das principais postulantes à medalha de ouro, a dupla brasileira demorou um pouco a pegar o ritmo e teve dificuldades, mas deslanchou na reta final do primeiro set e passeou no segundo. As parciais foram de 21/19 e 21/11.

Judô

No primeiro dia de disputas de medalhas, nada de pódio olímpico. No judô, os dois representantes do país no peso-ligeiro foram eliminados logo nas oitavas de final e não tiveram sequer a oportunidade de disputar a repescagem. Entre as mulheres até 48kg, Gabriel Chibana animou ao derrotar Harriet Bonface, do Malawi, com um ippon logo no seu primeiro ataque. Mas o duelo seguinte foi contra a cabeça de chave do torneio, Distria Krasniqi, de Kosovo. Apesar de ter dificultado o duelo num primeiro momento, ela acabou sofrendo um ippon.

Na disputa masculina de até 60kg, Eric Takabatake também começou com um resultado positivo: superou Soukphaxay Sithisane, de Laos, ao acumular dois wazaris. Seu duelo seguinte, contra o sul-coreano Kim Won-Jin, porém, foi mais complicado. O nono colocado no ranking buscou o ataque a todo momento e conseguiu a vitória com um wazari no tempo extra.

Tiro esportivo

Medalhista de prata no Rio-2016, Felipe Wu teve um ciclo mais complicado, em lesões e resultados, a caminho de Tóquio-2020. E isso se refletiu em seu desempenho: foi eliminado ainda na primeira fase da pistola de ar 10m. O brasileiro terminou apenas na 32ª posição entre 36 atletas, passando longe da vaga entre os oito melhores na decisão.

Esgrima

Campeã mundial em 2019 e quarta colocada no ranking de esgrima, Nathalie Moellhausen era esperança de medalha para o Brasil, mas caiu na estreia para vice-campeã olímpica e deu adeus aos Jogos de Tóquio. Em um combate equilibrado que acabou empatado em 9 a 9, a brasileira ficou sem vaga nas oitavas depois de perder para a italiana Rossella Fiamingo na prorrogação (com ponto de ouro).

Ginástica Artística

No primeiro dia da ginástica, a primeira decepção. Atual campeão mundial na barra fixa e esperança no solo, onde ganhou bronze no Rio, Arthur Nory foi mal nas duas provas qualificatórias e está fora da final.

O ginasta cometeu erros de execução na barra e ficou fora do top 8, que garante vaga nas finais. Abalado, no solo ele caiu sentado na hora da finalização.

Já Arthur Zanetti, um dos favoritos ao pódio nas argolas, fez uma boa apresentação e manteve o sonho de se tornar o primeiro a conquistar três medalhas em Olimpíadas seguidas em um mesmo aparelho. Após uma apresentação com boa pontuação na classificação, ele está praticamente na final, mas ainda tem de aguardar os resultados dos demais ginastas.

Handebol masculino

A seleção masculina de handball teve um desafio dos mais ingratos na estreia: a Noruega, uma das favoritas a medalhar nos Jogos de Tóquio. O início foi animador e, com força defensiva, o Brasil chegou a abrir vantagem de quatro gols. Mas os europeus reagiram, levaram a seleção a cometer muitas faltas passíveis de punição por dois minutos, e viraram: 27 a 24. O próximo compromisso do Brasil também será duro, às 21h de domingo, contra a França.

Tênis

Número 1 do Brasil, o tenista Thiago Monteiro caiu na estreia na chave de simples em Tóquio. O número 95 do ranking perdeu para o alemão Jan-Lennard Struff (48º) por 2 a 0, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h16 de jogo. O vencedor do jogo enfrenta o top-1 Novak Djokovic na segunda rodada.

Já nas duplas femininas, o Brasil iniciou bem. Luisa Stefani e Laura Pigossi derrubaram as favoritas Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman, cabeças de chave número 7. Com a vitória por 7/6 (7/3) 6/4, as brasileiras que entraram de última hora nos Jogos, avançam para as oitavas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos