Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,51
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.775,00
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    40.542,95
    -3.056,63 (-7,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.016,33
    -47,52 (-4,47%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    14.997,25
    -26,75 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1778
    -0,0669 (-1,07%)
     

Olimpíada: Simone Biles vai disputar a final da trave após desistir de cinco provas

·2 minuto de leitura

Ela está de volta. O time de ginástica artística dos Estados Unidos confirmou que Simone Biles ainda disputará uma prova nos Jogos Olímpicos de Tóquio: a trave. A prova acontece na próxima terça-feira, a partir das 5h50 (de Brasília). Junto a Biles estará Sunisa Lee, ouro no individual geral e bronze nas barras assimétricas.

"Estamos felizes por confirmar que vocês assistirão dois atletas dos Estados Unidos na final da trave amanhã: Suni Lee e Simone Biles! Mal podemos esperar para vê-las!", disse a equipe, em postagem no Twitter.

Uma especulação em torno do retorno da atleta, que deixou de competir ao longo dos Jogos para priorizar sua saúde mental, começou após o time de ginástica americano não confirmar sua saída da prova na tarde de véspera, expediente que foi utilizado nas últimas oportunidades.

Biles, principal ginasta dos Estados Unidos e do mundo, abriu mão de cinco provas até aqui: saiu em meio à competição por equipes (ficou com a prata) e nem chegou a competir em salto, solo, barras assimétricas e no individual geral. Na trave, a última prova da ginástica artística feminina, Simone terá a brasileira Flávia Saraiva como uma das adversárias.

Na última sexta-feira, Simone Biles usou o Instagram para se defender de críticas depois de desistir das finais por equipes e individual geral nos Jogos de Tóquio. A atleta explicou com vídeos na rede social que "corpo e mente não estão em sintonia" para fazer os movimentos, citando os giros.

Minutos depois, ela apagou os vídeos dos stories. Mas manteve as respostas que deu às perguntas relacionadas ao que vem sentindo durante os exercícios. Questionada se ela se sente com dificuldades para fazer manobras sem giros, Biles confirmou:

"Honestamente, meio que sim. Definitivamente melhor do que se eu tentasse girar. Às vezes, eu nem consigo nem imaginar o giro. Eu realmente não consigo compreender como girar. Coisa mais estranha e esquisita".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos