Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.656,20
    -354,81 (-0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Olimpíada: no vôlei de praia, Alison e Álvaro amassam mexicanos e farão 'revanche' brasileira contra os letões

·1 minuto de leitura

A dupla Alison e Álvaro não teve grandes dificuldades em seu primeiro confronto no mata-mata do vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, nesta segunda-feira. Em cerca de 40 minutos, os brasileiros despacharam Gaxiola e Rubio por dois sets a zero (21/14 e 21/13) e garantiram a ida às quartas de final.

Na próxima fase, farão uma "revanche" brasileira. Enfrentarão Martins Plavins e Edgar Tocs, da Letônia, dupla que eliminou Evandro e Bruno na madrugada desta segunda. A partida acontece na quarta-feira (de Tóquio).

O resultado mantém o Brasil com chances de voltar a levar duas medalhas no vôlei de praia, como em Pequim-2008 e Londres-2012 — no feminino, Ana Patricia e Rebecca seguem na disputa, e jogam na noite desta segunda-feira, já pelas quartas. Atual campeão olímpico, Alison segue sonhando com sua segunda medalha seguida nos Jogos.

Na partida desta segunda, em areia pesada, a dupla brasileira levou alguns minutos para se acertar em quadra, mas deslanchou quando conseguiu. Tanto Alison quanto Álvaro sacavam bem, e o "Mamute" sobrava nos bloqueios (foram três pontos assim), sua melhor característica. Sem dificuldades e com direito a ace do capixaba (autor de 12 pontos de ataque no jogo), a dupla fechou o primeiro set sem problemas.

No segundo set, Álvaro brilhou. Muito bem na defesa e resolvendo no ataque (fez 6 de seus 10 pontos de ataque na partida), o paraibano ajudou a ditar o ritmo da dupla, que voltou a dar poucos espaços para os mexicanos. Vtória com muita tranquilidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos