Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,51
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.775,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    41.163,76
    -1.225,45 (-2,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.019,29
    -44,55 (-4,19%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.958,00
    -66,00 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1764
    -0,0027 (-0,04%)
     

Olimpíada: Kelvin Hoefler é prata no skate e conquista primeira medalha do Brasil em Tóquio

·1 minuto de leitura

O skatista brasileiro Kelvin Hoefler conquistou, na madrugada deste domingo, a primeira medalha do Brasil na Olimpíada de Tóquio e, de quebra, figurou no primeiro pódio da História do skate em Jogos Olímpicos. Hoefler conquistou a medalha de prata no skate street masculino. O ouro ficou com Yuto Horigome, do Japão, e o bronze foi de Jagger Eaton (EUA).

No somatório geral, Kelvin Hoefler ficou com 36,15 na final olímpica - as três notas mais baixas de cada skatista eram descartadas. Horigome, que conquistou o ouro, terminou com 37,18, e Heaton teve 35,35.

Kelvin começou muito bem a final olímpica, assumindo a liderança com notas 8,98 e 8,84 nas duas primeiras saídas. A partir daí, começou a brilhar a estrela do japonês Yuto Horigome, de 22 anos, que encaixou quatro notas acima de 9 nas cinco últimas tentativas.

Já o brasileiro, depois de fazer outra ótima descida com um 8,99, caiu duas vezes na parte decisiva e emplacou um 7,58 na sequência, chegando à terceira colocação. O americano Jagger Eaton, com um 9,40 - que era a melhor nota até a penúltima tentativa de Horigome, quando o japonês fez 9,50 -, subiu até a segunda colocação.

Na última tentativa, Kelvin marcou 9,34, sua melhor nota, e ultrapassou Eaton. Sob pressão, o americano caiu na última tentativa e acabou terminando com o bronze.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos