Mercado fechará em 6 h 56 min

De olho em investidores internacionais, Banco Central lança agenda sustentável

Gabriel Shinohara
·1 minuto de leitura
A sustentabilidade agora está prevista na agenda de modernização do sistema financeiro do Banco Central
A sustentabilidade agora está prevista na agenda de modernização do sistema financeiro do Banco Central

BRASÍLIA — De olho nos investidores internacionais, o Banco Central (BC) lançou nesta terça-feira uma agenda de sustentabilidade ambiental para o Sistema Financeiro Nacional.

O tema foi incluído na agenda BC#, um conjunto de diretrizes e ações de modernização do sistema financeiro construído pela autoridade monetária. As iniciativas são relacionadas aos riscos climáticos, responsabilidade socioambiental e cultura de sustentabilidade.

A promoção da sustentabilidade é parte de uma crescente preocupação do Banco Central com o meio ambiente, que se intensificou depois que investidores internacionais pressionaram pela redução do desmatamento na Amazônia, no fim de junho.

A diretora de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos do Banco Central, Fernanda Nechio, fez o discurso de abertura do evento e ressaltou que as políticas do BC devem considerar os riscos socioambientais e o impacto de eventos climáticos extremos.

— A atuação de bancos centrais e do mercado financeiro em finanças sustentáveis e na mitigação dos efeitos dos riscos socioambientais é um tema em franco desenvolvimento, no Brasil e no mundo. É nessa fronteira que precisamos estar.