Oi liderou número de reclamações nos Procons em 2012

A concessionária de telefonia Oi liderou o ranking de reclamações dos Procons em 2012, segundo balanço, divulgado nesta quarta-feira, pelo Ministério da Justiça. Ao todo, a Oi recebeu 120.374 demandas, seguida pela Claro-Embratel, com 102.682; pelo grupo Itaú (97.578); pelo Bradesco (61.257) e pelo grupo Vivo-Telefônica (44.022).

Segundo o MJ, os atendimentos prestados pelos Procons em todo o País, interligados ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), cresceu 19,7% em 2012 em relação a 2011, totalizando 2,03 milhões de consumidores atendidos.

O balanço apresenta também uma divisão por setores que mais geraram reclamações dos consumidores. Na liderança, com 23,85% do total de demandas, está o setor financeiro, englobando bancos comerciais, cartões de crédito, financeiras e cartões de loja. Em segundo lugar veio a área de telecomunicações, com demandas de telefonia celular, telefonia fixa, TV por assinatura e internet, com 21,7%.

A maior parte das reclamações (37,42%), de acordo com o MJ, foi relativa a cobranças, seguida por qualidade dos produtos (17,57%). Em terceiro lugar ficou a oferta de produtos e serviços (17,31%). As mulheres respondem por mais da metade das demandas aos Procons (52,97%). Segundo o MJ, a maioria dos consumidores está na faixa etária de 21 a 50 anos.

Carregando...