Mercado abrirá em 4 h 22 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,40
    +0,50 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.836,50
    +5,20 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    58.398,16
    +183,81 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.557,32
    +121,54 (+8,47%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.148,07
    +18,36 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    28.595,66
    -14,99 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.681,00
    -28,75 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

Oi lança serviço de movimentação financeira pelo WhatsApp

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Oi passa por processo de recuperação judicial (Divulgação)
Oi passa por processo de recuperação judicial e espera que serviço ajude a colocar contas em ordem (Divulgação)
  • Oi lança carteira digital para WhatsApp

  • Será possível pagar contar e fazer transferências por PIX

  • Operadora também dará opção de fazer recarga de celular

A Oi lançou na última segunda-feira (19) um serviço de movimentação financeira feito no WhatsApp, em parceria com a fintech Conta Zap. Nos próximos dias, em uma conversa com o bot da operadora, será possível fazer recarga de celular, pagar contas e até fazer transferências por PIX. As informações são da Exame.

Leia também:

Em recuperação judicial, a empresa de telefonia tenta fazer com que esse serviço autorizado pelo Banco Central em março ajude nas operações.

Em uma outra ação para sair da crise, a operadora fechou com o BTG Pactual um acordo de venda de controle da InfraCo, divisão especializada em fibra ótica. Ela gerencia mais de 400 mil km de fibra ótica.

Sucesso do PIX

Com o lançamento do PIX, serviço de pagamento e transferência instantânea do Banco Central, o Brasil ficou em 8º lugar entre os dez países que mais fazem transações bancárias em tempo real no mundo. Com isso, o país ultrapassou os Estados Unidos.