Mercado fechado

Oi fecha venda de fatia na Unitel para petroleira angolana, diz jornal

Valor

Grupo Sonangol pagará US$ 1 bilhão pela participação de 25% da companhia brasileira na tele africana A Oi e a Sonangol, petroleira angolana, assinaram a venda da participação da companhia brasileira na Unitel, operadora também de Angola. A informação foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”.

A Sonangol pagará US$ 1 bilhão pela fatia de 25% da Oi na operadora angolana. A maior parcela, de US$ 750 milhões, será depositada amanhã no caixa do grupo brasileiro. O restante será pago em até 90 dias.

As ações ordinárias da Oi passaram a subir 5,10%, para R$ 1,04, enquanto as preferenciais avançavam 3,40%, para R$ 1,52.

Os recursos devem ajudar a tele brasileira em meio às dificuldades que o grupo enfrenta para se reerguer no Brasil. Em recuperação judicial desde 2016, a companhia ainda enfrenta prejuízos e chegou a contratar assessores financeiros para avaliar a operação de telefonia móvel.

Oi deve ter alívio no caixa com operações no mercado

Imagem Valor Econômico

Em relatório divulgado no início desta semana, analistas do Bradesco BBI traçaram um cenário mais positivo para a companhia, com a expectativa de captações que somariam cerca de R$ 8 bilhões. A conta incluía a perspectiva do negócio angolano, agora confirmado, além de um empréstimo-ponte de R$ 2,5 bilhões.

Nos cálculos do banco, os recursos seriam equivalentes a dois anos de caixa e ajudariam os executivos da tele a focar na recuperação das operações. O processo de recuperação judicial da Oi envolveu um total de R$ 65,4 bilhões em dívidas.