Oi deve participar de leilão da faixa de 700 MHz

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nesta terça-feira que o presidente interino da Oi, José Mauro da Cunha, negou as especulações a respeito da mudança no controle da companhia. Ele recebeu o executivo pela manhã. "Essa boataria, que não ajuda em nada, prejudica o mercado e as ações", afirmou.

Segundo o ministro, a Oi demonstrou interesse em participar do leilão da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada para transmissões de TV aberta, que será utilizada para ofertar serviços de banda larga. "Esse foi o primeiro tema que discutimos. Eles têm interesse. Seria estranho se falassem que não", disse o ministro.

A licitação dessa faixa, de acordo com Bernardo, deve ser feita no segundo semestre deste ano, após a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) acertar detalhes técnicos, como a banda de guarda - faixa reservada para evitar interferências entre os serviços diferentes. "Vamos fazer de forma tecnicamente impecável."

Carregando...