Oferta de ações da BB Seguridade deve sair em 2013

O vice-presidente de negócios de varejo do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, afirmou que a oferta primária e/ou secundária de ações da BB Seguridade deve sair no primeiro semestre de 2013 e que o momento do lançamento dos papéis vai depender, por exemplo, das condições do mercado. "Se o mercado estiver nas condições de hoje, receptivo, não haveria problema, mas vamos avaliar a época adequada para fazer isso", disse.

A BB Seguridade, cuja criação foi anunciada nesta segunda-feira, deverá ser uma empresa de capital aberto, que vai consolidar todas as atividades do banco nos ramos de seguros, capitalização, previdência complementar aberta e atividades afins.

Segundo Abreu, a decisão de separar a área de seguridade do banco em uma nova empresa vai dar mais agilidade às decisões nesse segmento e aumentar o foco nesses negócios. O executivo disse ainda que a separação do negócio permite explicitar claramente todo o valor obtido com essas áreas, tanto em relação à participação nessas empresas como na capacidade de gerar receitas a partir dos canais de distribuição do banco.

"O banco trabalha com muitas atividades, e isso a separação permite ao mercado enxergar a seguridade como um todo e ver a capacidade de distribuição desses produtos", afirmou. "Será uma empresa capitalizada, listada em Bolsa, com uma base enorme de clientes e bons produtos."

Os dados do último balanço do BB, segundo o executivo, mostram que as empresas desses segmentos respondem por 15% do resultado do banco estatal. A nova empresa continuará a ser uma estatal, com controle nas mãos do BB e as demais ações pulverizadas no mercado.

Carregando...