Mercado fechará em 53 mins
  • BOVESPA

    124.608,98
    -1.537,68 (-1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.218,06
    -22,45 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,03
    +0,12 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.801,50
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    32.165,89
    -139,77 (-0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    777,77
    -15,97 (-2,01%)
     
  • S&P500

    4.408,46
    +40,98 (+0,94%)
     
  • DOW JONES

    35.020,39
    +197,04 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.100,50
    +172,00 (+1,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1527
    +0,0325 (+0,53%)
     

O "verdadeiro" carro voador está em desenvolvimento e é muito promissor

·2 minuto de leitura

Os leitores do Canaltech estão se habituando a cobertura de veículos e, cada vez mais, observando os termos e produtos que são abordados por aqui. Um dos termos que mais aparecem nesse trabalho é o "carro voador", que gera muitas dúvidas e questionamentos. Por questões de certificação, os veículos elétricos com decolagem vertical (eVTOLs) são chamados de carros voadores porque não se enquadram em categorias como quadricópteros e drones, pois existem inúmeras diferenças estruturais. Essa situação, digamos assim, ganha mais um episódio graças à empresa eslovaca Klein Vision, que desenvolveu um veículo que voa e anda nas ruas de modo bem particular.

O chamado de AirCar, primeiro protótipo desse carro voador "raiz", pode voar e correr com a mesma competência e isso pode ser visto no primeiro teste operacional realizado pela Klein Vision, que colocou o protótipo para viajar entre as cidades de Nitra e Bratislava. O percurso foi feito em 35 minutos, com o carro voando a 170 km/h a uma altura de 2.500 metros, tudo graças ao ótimo motor BMW de 160cv aliado a uma hélice fixa que impulsiona o veículo. O diferencial, porém, é que depois de voar, o piloto ou motorista pode recolher as asas e dirigir para a garagem ou hangar.

Se conceitualmente podemos chamar o AirCar de carro voador, a Klein Vision o reconhece como uma verdadeira aeronave. Por isso, trabalha com certificações para operar como um pequeno avião, já que sua altura e velocidade podem ficar ainda maiores no modelo de produção massificada. Segundo Stefan Klein, criador do veículo, os modelos finais terão 300cv e serão ainda mais rápidos e eficientes. Entretanto, ele não será um eVTOL. Isso acontece porque, como pudemos ver no vídeo demonstrativo, a decolagem é feita em diagonal, como um avião comum.

De acordo com a Klein Vision, o AirCar está com certificações válidas na Europa e Estados Unidos. No caso do Velho Continente, ele será documentado como uma aeronave CS-23, o mesmo de aviões normais, utilitários, acrobáticos e de passageiros — além da autorização rodoviária M1. Nos EUA, a FAA (Federal Aviation Administration ou Administração Federal de Aviação) certificou o AirCar na categoria de esporte leve (S-LSA), tornando-o legal para voo.

Não há previsão do início da produção massificada e vendas comerciais do AirCar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos