Mercado abrirá em 1 h 28 min

A O-RAN Alliance realiza o primeiro teste de interoperabilidade global para promover a adoção de redes de acesso via rádio 5G abertas e interoperáveis

  • Trinta e cinco empresas e operadores membros realizaram conjuntamente uma demonstração de 10 cenários para verificar e validar as especificações O-RAN publicadas recentemente na Ásia, Europa e América do Norte
  • A adoção de padrões abertos e interoperabilidade pelos fornecedores de rede de acesso via rádio está prevista para se tornar parte integrante das redes 5G emergentes
  • Um relatório informativo para o setor da O-RAN está agendado para o Mobile World Congress 2020 em Barcelona, durante o qual os membros trocarão opiniões e ideias sobre as etapas importantes a serem tomadas para a realização de soluções comerciais compatíveis com as especificações O-RAN

A O-RAN Alliance conduziu com sucesso seu primeiro teste de interoperabilidade e prova de conceito em todo o mundo para demonstrar a funcionalidade e a interoperabilidade de vários fornecedores de equipamentos de rede que estão em conformidade com as especificações de interface O1, A1 e Open Fronthaul publicadas recentemente.

"O primeiro teste de interoperabilidade global da O-RAN mostra o poder da comunidade de documentar e desenvolver especificações de interface verdadeiramente abertas com o potencial de acelerar novos serviços avançados 5G que serão multioperador, multifornecedor e criarão oportunidades para todo o ecossistema", disse Andre Fuetsch, presidente da O-RAN Alliance e diretor de tecnologia da AT&T. "Essas demonstrações ao vivo representam mais um passo em direção à realização de soluções 5G RAN compatíveis com O-RAN, que em breve deverão se tornar parte das ofertas de produtos de fornecedores tradicionais e de nicho".

ÁSIA

Organizada pela China Mobile, a sessão asiática do teste de interoperabilidade foi realizada no China Mobile International Information Port, um Centro Aberto de Teste e Integração, com atendimento físico a mais de 200 participantes de mais de 70 empresas, além de atendimento on-line de mais de 70 participantes. Representantes de operadoras globais, incluindo British Telecom, China Telecom, China Unicom, NTT DOCOMO, Orange, Reliance Jio, Telecom Italia Mobile e uma operadora da América do Norte participaram ativamente deste evento. O teste de interoperabilidade testou e integrou soluções de vários fornecedores que estão em conformidade com a interface O-RAN Open Fronthaul e executou a dissociação de diferentes tecnologias de hardware do software RAN:

  1. Célula pequena baseada em nuvem rodando em tecnologia de virtualização foi demonstrada pela CertusNet, Lenovo, ChengDu NTS e Inventec. Inclui um O-CU baseado em VM e O-DU em contêineres hospedado no mesmo processador x86 mais plataforma de acelerador.
  2. A interoperabilidade de vários fornecedores com produtos comerciais 5G foi demonstrada pela NTT DOCOMO com Fujitsu e NEC.
  3. Uma configuração de baixa energia da estação baseada em nuvem rodando no Yocto OS e na tecnologia de contêiner foi demonstrada pela Altran, ArrayComm, WindRiver, Baicells e CIG. Ela apresenta o processamento de sinal de banda-base de arquitetura aberta com base no processador ARM mais a plataforma de computação do acelerador.
  4. Estação "soft base" com interface fronthaul aberta compatível com O-RAN, mas sem virtualização, foi demonstrada pela Radisys, Foxconn (Taiwan), QCT e Intel. Ela utiliza software de código aberto, incluindo o OFH Lib da comunidade de código aberto O-RAN e a API SDK da camada de abstração do acelerador baseada em BBDev.
  5. O interfuncionamento da interface de fronthaul aberto O-RAN foi demonstrado na tecnologia fornecida pela FHK (Shenzen) e Viavi, que realiza testes abrangentes com base na especificação de teste do O-RAN com O-RU e emulador UE em um ambiente de teste com UE múltiplo.

O teste de interoperabilidade realizado no NTT DOCOMO R&D Center apresentou interoperabilidade de vários fornecedores entre CU/O-DU e O-RU usando a interface O-RAN Open Fronthaul e interoperabilidade de vários fornecedores entre eNB e gNB usando a interface O-RAN X2. A funcionalidade foi demonstrada com sucesso pela NTT DOCOMO, Fujitsu, NEC e Nokia. A NTT DOCOMO já iniciou o serviço 5G pré-comercial com os produtos apresentados. Um centro aberto de teste e integração está planejado para ser estabelecido no Japão.

AMÉRICA DO NORTE

O teste de interoperabilidade e a prova de conceito realizados dentro de um candidato do Open Test and Integration Center na América do Norte, o 5G COSMOS, que consiste em laboratórios de fornecedores e universidades na área metropolitana de Nova York, foi hospedado pela AT&T e focado principalmente na validação de interfaces A1 e O1:

  1. A função de rede física (PNF) Plug and Play, um caso de uso O1 alinhado ao 3GPP que fornece um meio para os provedores de serviços colaborarem com os fornecedores de equipamentos para que os PNFs sejam encontrados pelo Service Management Orchestration (SMO) por meio de um manipulador de registro PNF, foi demonstrada pela Nokia, CommScope e Ericsson. As funções SMO remotas também foram demonstradas com conexões com laboratórios na França e na Alemanha.
  2. A coleta de dados de gerenciamento de desempenho em massa foi demonstrada pela Ericsson e Nokia.
  3. A funcionalidade da interface O1 para configuração, desempenho e gerenciamento de falhas de equipamentos de vários fornecedores por meio de uma SMO independente de fornecedor foi demonstrada pela Altiostar, CommScope e Samsung.
  4. A funcionalidade da interface A1 para otimizar o PCI/RSI para um simulador de RAN em larga escala usando uma estrutura de automação de loop fechado foi demonstrada pela IBM, Tech Mahindra, Wipro e highstreet technologies.
  5. A convergência da especificação Open Fronthaul Management Plane com a interface O1 foi demonstrada pela Samsung.

"A O-RAN Alliance tem expandido continuamente sua influência no setor desde o início. É realmente incrível ver um marco tão simbólico alcançado apenas 10 meses após o lançamento da primeira especificação no MWC Barcelona este ano", disse Zhengmao Li, vice-presidente executivo da China Mobile. "A realização bem-sucedida do teste de interoperabilidade globalmente, com profunda contribuição de mais de 30 parceiros, representa um passo consolidado em direção a uma rede 5G totalmente desagregada e compatível com O-RAN."

Dr. Hiroshi Nakamura, vice-presidente executivo e diretor de tecnologia da NTT DOCOMO comentou: "Acreditamos que a ampla adoção de produtos compatíveis com O-RAN permitirá uma construção de rede mais ágil, flexível e econômica e agradecemos os esforços de teste e integração dos padrões O-RAN que estão sendo realizados em todo o mundo. A NTT DOCOMO continuará liderando as atividades da O-RAN Alliance e expandindo sua rede 5G, e irá acelerar a cocriação de serviços e mercados 5G com parceiros verticais da indústria."

O-RAN Industry Briefing na MWC 2020

Para uma atualização abrangente das atividades da O-RAN, incluindo desenvolvimentos significativos na Europa, a comunidade da O-RAN se reunirá para o evento O-RAN Industry Briefing na MWC Barcelona 2020. Representantes das organizações membro de fornecedor e operador O-RAN discutirão e compartilharão as opiniões sobre as etapas importantes para a realização de soluções comerciais compatíveis com O-RAN. A O-RAN Alliance espera vê-lo em 25 de fevereiro de 2020, das 9h30 às 10h30 no estande da Deutsche Telekom, Hall 3, estande 3M31.

Sobre a O-RAN Alliance

A O-RAN Alliance é uma comunidade mundial com mais de 130 operadoras de rede móvel, fornecedores e pesquisadores e instituições acadêmicas que operam no setor de redes de acesso via rádio (RAN). Como a RAN é uma parte essencial de qualquer rede móvel, a missão da O-RAN Alliance é reformular o setor para redes móveis mais inteligentes, abertas, virtualizadas e totalmente interoperáveis. Os novos padrões O-RAN permitirão um ecossistema de fornecedores de RAN mais competitivo e vibrante, com inovação mais rápida para melhorar a experiência do usuário. As redes móveis compatíveis com O-RAN irão melhorar ao mesmo tempo a eficiência das implantações de RAN e as operações das operadoras móveis. Para conseguir isso, a O-RAN Alliance publica novas especificações de RAN, lança software aberto para a RAN e apoia seus membros na integração e teste de suas implementações.

Para mais informações, acesse www.o-ran.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20191220005158/pt/

Contacts

Contato de relações públicas da O-RAN Alliance

Zbynek Dalecky
pr@o-ran.org
O-RAN Alliance e.V.
Buschkauler Weg 27
53347 Alfter/Alemanha