Mercado abrirá em 7 h 29 min

O que você precisa saber para começar a quarta-feira

Foto: AP Photo/Eraldo Peres

Paulo Guedes dá declaração polêmica sobre AI-5 no Brasil, conselho vai julgar dois pedidos de cassação de Eduardo Bolsonaro e cotação do dólar segue assustando.

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira (27):

Novo AI-5 no Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou em Washington que é inconcebível a ideia de um novo AI-5 no Brasil, mas ao mesmo tempo disse que as pessoas não devem se assustar com a ideia de alguém pedi-lo diante da radicalização de possíveis protestos. No final de outubro, Eduardo Bolsonaro, sugeriu em entrevista que o governo comandado pelo seu pai, Jair Bolsonaro, poderia lançar mão do mais duro instrumento legal de repressão da ditadura militar brasileira.

Mandato cassado?

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou dois processos disciplinares contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro. Os processos pedem a cassação do mandato de Eduardo com base na quebra de decoro que supostamente teria ocorrido em duas ocasiões: a alusão do deputado a um “novo AI-5”, e ofensas na web contra a parlamentar Joice Hasselmann (PSL-SP).

Dólar nas alturas

O dólar mantinha a trajetória de alta e registrava fortes ganhos em relação ao real, chegando a superar os R$ 4,25, com os investidores pessimistas após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar que não está preocupado com a moeda americana. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que vê "prós e contras" no fato de o dólar ter atingido R$ 4,213 —, mas que, ao mesmo tempo, torce para uma queda na cotação.

Decisão adiada

Um pedido de vista levou o Tribunal Superior Eleitoral adiar para a semana que vem uma decisão sobre a possibilidade de a Justiça Eleitoral aceitar o uso de assinaturas eletrônicas para a formação de um partido político, uma causa que pode ter repercussão direta nos esforços do presidente Jair Bolsonaro de criar sua legenda, a Aliança pelo Brasil.

Polícia prende membros de ONGs

A Polícia Civil do Pará cumpriu quatro mandados de prisão preventiva contra brigadistas de Alter do Chão, em Santarém, no Pará (a 1.231 km de Belém). As prisões aconteceram no âmbito da operação Fogo do Sairé, que apura a origem dos incêndios que atingiram a região de Alter do Chão em setembro deste ano.

De olho no Mundial e em 2020

Em entrevista ao Yahoo Esportes, Paulo Pelaipe, gerente de futebol do Flamengo, revelou que já se reuniu com outros membros da diretoria rubro-negra para definir todos os passos no Catar. Além disso, o dirigente disse ter confiança na permanência do artilheiro Gabigol para a próxima temporada.