Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.202,80
    -376,30 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,95
    -0,09 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.776,00
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    38.116,64
    -184,51 (-0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,66
    -31,22 (-3,22%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.153,43
    -31,52 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.558,59
    +121,75 (+0,43%)
     
  • NIKKEI

    29.018,33
    -272,68 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    14.192,25
    +26,75 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9865
    +0,0240 (+0,40%)
     

O que você precisa saber e acompanhar nesta quarta

·8 minuto de leitura

Aqui estão as notícias para você começar o dia Otimismo com vacina para covid dá impulso aos ativos de risco Francisco Seco/AP Os futuros de ações dos EUA e as bolsas europeias sobem nesta manhã com os investidores aplaudindo os resultados promissores do estudo de uma vacina experimental contra o coronavírus, enquanto aguardam o balanço de mais das maiores empresas financeiras dos EUA. Ontem, o JPMorgan Chase, Citigroup e Wells Fargo sinalizaram que o pior da recessão ainda está por vir. Os contratos futuros vinculados ao S&P 500 sobem cerca de 1,0%, sinalizando um segundo dia de ganhos para o índice de referência. As ações da Apple operam em alta no pré-mercado após a empresa vencer uma grande batalha legal com a União Europeia. As ações europeias também avançam.O sentimento dos investidores melhorou com os novos detalhes divulgados na terça-feira sobre o primeiro estudo em humanos da vacina pela empresa Moderna. As infecções e mortes por covid-19 continuaram a subir nos EUA na terça-feira, com vários estados atingindo recordes de casos. No mercado de câmbio, o dólar recua 0,30% frente a cesta da ICE (DXY), com 95,954 pontos, evidenciando o apetite ao risco na sessão. Os preços do petróleo sobem antes da reunião do comitê na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que vai decidir se o cartel e seus aliados reduzirão o corte atual de produção como recomendado pela Arábia Saudita. O tom positivo do exterior deve ser refletido nos ativos locais no Brasil. Os agentes repercutirão hoje o IGP-10 de julho. Na política, uma notícia que deve animar os investidores é que a Câmara dos Deputados terá a reforma tributária como uma das pautas prioritárias após a pandemia, inclusive sem esperar pelo Senado. IGP-10 acelera alta para 1,91% em julho O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,91% em julho, depois de avançar 1,55% um mês antes. Com este resultado, o índice acumula alta de 6,55% no ano e de 8,57% em 12 meses. Em julho de 2019, o índice tinha aumentado 0,61% no mês e acumulava elevação de 6,23% em 12 meses. FGV divulga Indicador do Comércio Exterior de junho O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre) divulga nesta manhã o Indicador do Comércio Exterior (Icomex) de junho. Em maio, o saldo da balança comercial foi de US$ 4,5 bilhões em abril, US$ 1,1 bilhão abaixo do resultado de maio de 2019. No acumulado do ano até maio, o saldo foi de US$ 15,5 bilhões, resultado inferior em US$ 4,8 bilhões a igual período de 2019. A piora na balança é explicado pela queda mais acentuada das exportações (-7,2%) em relação às importações (-2,5%) na comparação interanual do acumulado até maio. FGV divulga Monitor do PIB referente a maio O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre) divulga, às 10h15, o Monitor do PIB referente ao mês de maio. Em abril, o medidor de atividade apontou retração de 9,3%, na comparação com março. No trimestre móvel findo em abril, a retração da atividade foi de -6,1%, em comparação a março. Na comparação interanual a economia retraiu 13,5% em abril e 4,9% no trimestre findo em abril. BC anuncia fluxo cambial semanal O Banco Central (BC) apresenta, às 14h30, o fluxo cambial da segunda semana de julho (dias 6 a 10). Na semana anterior, entre 29 de junho e 3 de julho, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 357 milhões resultado de saída de US$ 1,277 bilhão na conta capital e entrada de US$ 920 milhões na conta comercial. No ano até o último dia 3, o fluxo cambial está negativo em US$ 12,935 bilhões. A conta financeira contribui com saída de US$ 38,685 bilhões. Já a conta comercial teve entrada de US$ 25,751 bilhões. Para o mês fechado de maio, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 2,885 bilhões. EUA divulgam produção industrial Às 10h15, divulgação da produção industrial de junho nos Estados Unidos. A leitura anterior mostrou queda de 15,3% na comparação anual e alta mensal de 1,4%. Fed de NY divulga índice Empire State Às 9h30, o Fed de Nova York divulga o indicador Empire State de atividade de manufatura de julho. Na leitura anterior, o indicador mostrou retração de 0,2%. EUA divulgam estoques de petróleo Às 11h30, o Departamento de Energia divulga estoques de petróleo até 10 de julho nos Estados Unidos. Fed divulga Livro Bege O banco central dos Estados Unidos divulga às 15h o Livro Bege, sumário sobre as condições econômicas em todas as distritais do Federal Reserve (Fed), que serve para dar base às decisões de política monetária no país. China divulga PIB do segundo trimestre e taxa de desemprego Às 23h, divulgação do PIB da China referente ao segundo trimestre. A leitura anterior mostrou queda de 9,8% trimestre a trimestre e de 6,8% na comparação anual. No mesmo horário sai a taxa de desemprego referente a junho. Na leitura anterior, a taxa ficou em 5,9%. China divulga produção industrial e vendas no varejo Às 23h, divulgação da produção industrial da China referente a junho. A leitura anterior mostrou alta anual de 4,4%. No mesmo horário saem as vendas no varejo da China referentes a junho. A leitura anterior apontou queda de 2,8%. Horácio Lafer Piva, da Klabin, fala na Live do Valor O entrevistado da Live do Valor desta quarta-feira, dia 15, às 11h, é o empresário Horácio Lafer Piva, acionista da Klabin. Ele será entrevistado pela repórter especial Marli Olmos. A live pode ser acompanhada pelo site e pelas páginas do Valor no YouTube, LinkedIn e Facebook. Piva dará sua visão sobre a retomada da economia do país após a pandemia e o papel do empresariado nesse processo. Petrobras tem novo recorde de produção no campo de Búzios A estatal disse ontem que a produção das plataformas do campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, alcançou na segunda-feira novos recordes de produção, de 674 mil barris de óleo por dia (bpd) e 844 mil barris de óleo equivalente por dia (boed). O campo de Búzios, descoberto em 2010, é o maior campo de petróleo em águas profundas do mundo Vendas de diesel, gasolina e etanol da BR crescem 7% O volume de vendas de diesel, gasolina e etanol da BR Distribuidora cresceu 7% em junho na comparação com maio. A empresa tem divulgado dados operacionais devido à pandemia de covid-19. O principal impulso é do diesel. As vendas médias diárias do produto em junho foram 5% superiores à média do período imediatamente anterior à crise provocada pela pandemia de covid-19 (de janeiro até 21 de março). Guararapes suspende transformação da Midway O grupo Guararapes, dono da rede de lojas Riachuelo, decidiu suspender a transformação da Midway Financeira em banco múltiplo. A empresa informa que vai solicitar ao Banco Central a autorização para oferecer contas digitais. Marco do saneamento deve ser sancionado hoje O Governo prevê sanção do marco legal do saneamento para hoje, segundo fontes ouvidas pelo Valor. O texto foi aprovado pelos parlamentares após quase dois anos de debate e institui um marco regulatório para o saneamento básico no Brasil. O relator do projeto no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), não fez alterações em relação ao texto que obteve aval na Câmara dos Deputados, mas fechou um acordo com o governo para que o presidente Jair Bolsonaro vete alguns pontos ao sancionar a matéria. Moderna espera iniciar testes de vacina até dia 27 A farmacêutica americana Moderna informou no fim da tarde de ontem que os dados iniciais de seu teste de fase 1 da vacina contra a covid-19 mostraram que ela induziu a resposta imune desejada para todas as 45 pessoas avaliadas. Novos detalhes sobre o primeiro estudo em humanos da vacina experimental da Moderna contra o novo coronavírus reforçaram a decisão dos pesquisadores de iniciar até 27 de julho um grande ensaio clínico, com cerca de 30 mil adultos em 87 locais dos Estados Unidos. TRF derruba liminar sobre testes de covid-19 O Tribunal Regional Federal da 5ª Região derrubou a liminar que obrigava os planos de saúde a cobrirem os testes sorológicos para diagnóstico da covid-19. A ação foi impetrada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O exame foi incluído no rol de procedimentos obrigatórios no fim do mês passado após ação judicial da Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps), de Pernambuco. A entidade informou que irá recorrer. Apesar da vitória na Justiça, a ANS informou que vai manter a exigência de cobertura do procedimento até reunião da diretoria da agência reguladora. Ainda não há data definida para essa reunião. Receita da Claro Brasil fica estável A receita da Claro Brasil ficou praticamente estável no segundo trimestre quando comparado ao mesmo período de 2019, subindo 0,14%, para R$ 9,61 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 10,4% no período, para R$ 3,93 bilhões, com a margem Ebitda avançando de 37,1% para 40,9%. a receita líquida de serviços móveis e de banda larga residencial cresceram 8,4% e 10,4%, respectivamente. A companhia encerrou junho com um total de 58,5 milhões de clientes de telefonia e dados móveis. Nos serviços de internet residencial, a Claro adicionou 118 mil novos acessos e manteve posição de líder de mercado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos