Mercado abrirá em 46 mins

O que você precisa saber e acompanhar nesta terça

Aqui estão as notícias para você começar o seu dia Paulo Guedes e Bolsonaro entregam novo pacto federativo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, acompanha o presidente Jair Bolsonaro, às 11h, na entrega ao Congresso de um megapacote com propostas de emendas à constituição que alteram o pacto federativo, estabelecem medidas para conter gastos públicos em casos de crise financeira, propõem a reforma administrativa e revisam 281 fundos. Eles também devem apresentar projeto de lei que traz novo modelo de privatizações. Às 14h, ele participa de entrevista coletiva para discutir as medidas apresentadas.

Agência Brasil

Relatório final sobre tragédia de Brumadinho será conhecido hoje

A Agência Nacional de Mineração (ANM) apresentará hoje, às 13h30, o relatório técnico final sobre a tragédia ocorrida no último dia 25 janeiro com o rompimento da barragem de rejeitos de mineração da Vale, em Brumadinho (MG). De acordo com documento da polícia obtido pelo jornal “The Wall Street Journal”, os principais executivos da Vale receberam um aviso anônimo por e-mail sobre a segurança das barragens da mineradora duas semanas antes do desastre de Brumadinho, o que levou o então diretor-presidente Fabio Schvartsman a buscar pela identidade do autor.

Comissão do Senado discute tributação de dividendos

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) discutirá a partir das 10h o Projeto de Lei 2.015/2019, que institui a cobrança de Imposto de Renda sobre a distribuição de lucros e dividendos por pessoas jurídicas a sócios ou acionistas.

PF cumpre mandados de busca e sequestro de bens por determinação do STF

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje “uma série de mandados de busca e apreensão e medidas de sequestro de bens” por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), conforme nota divulgada nesta terça-feira. O órgão não deu detalhes do caso. Afirmou apenas que se trata investigação “perante aquela Corte Superior” - sinal de que envolve personagens com prerrogativa de foro.

Youssef volta a operar dólar, agora na bolsa

Depois de passar quase três anos na prisão por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro como um dos pivôs da Operação Lava-Jato, o paranaense Alberto Youssef voltou a operar com aquilo que conhece como poucos: dólares. Doleiro por três décadas, Youssef trocou o mercado paralelo que o colocou nas páginas policiais pelo mercado futuro de câmbio na bolsa brasileira B3, conforme relatos de três fontes ouvidas pelo Valor.

Aras quer anulação de delação de Joesley Batista, da JBS

O procurador-geral da República, Augusto Aras, entregou ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de anulação do acordo de delação premiada do empresário Joesley Batista. A solicitação já havia sido feita por Rodrigo Janot e Raquel Dodge, os dois antecessores de Aras no cargo.

Lucro do Itaú atinge R$ 7,16 bilhões no 3º trimestre

O Itaú Unibanco obteve lucro líquido recorrente de R$ 7,16 bilhões no terceiro trimestre, alta de 11% ante igual período do ano passado. O número veio abaixo da média das projeções de analistas consultados pelo Valor, de R$ 7,21 bilhões. O lucro líquido societário do Itaú foi de R$ 5,58 bilhões, 11% inferior ao apurado no mesmo período de 2018. Pesou no resultado a contabilização, no terceiro trimestre deste ano, de R$ 1,43 bilhão em despesas relacionadas ao programa de desligamento voluntário aberto pelo banco.

Governo capta US$ 3 bilhões no exterior

O governo brasileiro voltou ao mercado externo nesta segunda-feira e levantou US$ 2,5 bilhões com a emissão de um novo título, com vencimento em 2050. Captou também US$ 500 milhões com a reabertura do bônus para 2029. De acordo com o Tesouro Nacional, US$ 1 bilhão dos recursos captados com a emissão do Global 2050 foi usado na recompra de títulos emitidos anteriormente.

Marcopolo tem queda de 65% no lucro

A Marcopolo obteve no terceiro trimestre um lucro líquido de R$ 22,3 milhões, queda de 65% em base anual. A receita caiu 2%, para US$ 1,08 bilhão. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) recuou 48%, para R$ 60,2 milhões. A empresa tem teleconferência hoje, às 11h.

Lucro da Vulcabras sobe 5,8%

A Vulcabras Azaleia registrou lucro líquido de R$ 41,8 milhões no terceiro trimestre de 2019, alta de 5,8% ante o obtido no mesmo período de 2018. A receita somou R$ 359,4 milhões, crescimento de 12%. O Ebitda cresceu 18%, para R$ 64,6 milhões. A teleconferência está marcada para as 10h.

Telefónica tem prejuízo no 3º trimestre

A espanhola Telefónica teve prejuízo líquido no terceiro trimestre, com o impacto de custos de reestruturação que superaram 1 bilhão de euros. A perda foi de 443 milhões de euros, ante o lucro de 1,1 bilhão de euros no mesmo período do ano passado. Excluindo os custos de reestruturação, ganhos de capital e outros itens não recorrentes, o lucro seria de 806 milhões de euros.

Senado vota projeto que altera regras para prescrição de crimes

O Plenário do Senado se reúne às 14h e vota projeto que altera o Código Penal para dificultar a prescrição de penas. O PLS 658/2015 deve passar por discussão em turno único. A prescrição acontece quando o Estado já não pode condenar o réu, porque o processo não foi concluído a tempo.