Mercado fechará em 5 h 37 min

O que você precisa saber e acompanhar nesta quinta-feira

Carlos Mercuri e Gabriel Roca

Aqui estão as notícias para você começar o dia Saem os dados da balança comercial de 2019

A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (Secint) anuncia, às 15h, o resultado da balança comercial de 2019. Na terceira semana de dezembro de 2019, a balança comercial registrou superávit de US$ 1,461 bilhão, resultado de exportações no valor de US$ 4,552 bilhões e importações de US$ 3,091 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 13,605 bilhões e as importações, US$ 9,910 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,696 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 219,469 bilhões e as importações, US$ 174,698 bilhões, com saldo positivo de US$ 44,770 bilhões.

Fenabrave anuncia resultado de vendas de veículos em 2019

A Fenabrave divulga nesta quinta-feira, em horário não informado, o resultado de vendas de veículos de dezembro e do ano de 2019, representadas pela quantidade de emplacamentos. Em novembro, a venda de veículos novos no Brasil, considerando-se apenas os automóveis e comerciais leves (picapes e furgões), cresceu 4,38% sobre novembro de 2018, mas com retração de 4,24% ante outubro, com o emplacamento de 230.923 unidades. Considerando o emplacamento de todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), houve crescimento de 7,81% em comparação ao mesmo mês do ano passado e queda de 6,05% em relação a outubro, com a venda de 345.386 unidades. Entre janeiro e novembro de 2019, a venda de todos os segmentos registrou alta de 10,3%, com o total de 3.665.370 veículos novos emplacados. Considerando-se apenas os emplacamentos de automóveis e comerciais leves no acumulado do ano, houve alta de 7,21% sobre o mesmo período do ano anterior, com 2.406.984 unidades licenciadas.

Indicadores da indústria no Brasil e no mundo

A consultoria IHS Markit divulga nesta manhã o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial do Brasil de dezembro. O PMI industrial brasileiro subiu em novembro para 52,9 pontos, de 52,2 pontos em outubro, na série com ajuste sazonal. Também nesta quinta-feira, sai o dado final do PMI da indústria dos EUA de dezembro. A leitura anterior foi de 52,5 pontos. Mais cedo, a consultoria informou que o PMI da indústria da zona do euro foi de 46,3 pontos em dezembro, face a 46,9 em novembro e à leitura preliminar de 45,9. A atividade nas fábricas da China desacelerou um pouco em dezembro, mas permaneceu em território expansionista pelo quinto mês consecutivo, segundo o PMI da Caixin, que diminuiu ligeiramente para 51,5, ante 51,8 em novembro. O PMI industrial oficial da China permaneceu inalterado em 50,2 em dezembro.

Ghosn se refugia no Líbano após fugir do Japão

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault e da Nissan, fugiu do Japão, onde aguardava julgamento, para o Líbano. Ele é acusado de má conduta financeira e ter usado recursos da Nissan para benefício próprio. Segundo o Líbano, a entrada dele no país foi legal. O Líbano não tem acordo de extradição com o Japão.

Embraer concretiza cisão do negócio de aviação comercial

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer consumou ontem (1) a cisão do negócio de aviação comercial, conforme previsto no cronograma do acordo com a fabricante americana Boeing. As companhias, que anunciaram em 2017 que buscariam a combinação de suas operações de aviação comercial, ainda aguardam o aval de órgãos antitruste, entre os quais a Comissão Europeia, para sacramentar a transação.

Natura recebe aval para listar ADS em NY

A Natura & Co Holding obteve aprovações da Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais nos Estados Unidos) e da bolsa de Nova York para listar seus American Depositary Shares (ADS) na bolsa americana. A informação foi divulgada pela companhia em fato relevante divulgado ontem (1). Cada ADS vai representar duas ações ordinárias da Natura & Co e será negociada na bolsa de Nova York sob o código “NTCO”.

Delta conclui aquisição de 20% das ações da Latam

A empresa aérea americana Delta Airlines concluiu na segunda-feira a oferta pública de aquisição de ações da Latam, lançada em 27 de novembro e concluída em 26 de dezembro. A companhia adquiriu 121,28 milhões de ações da Latam, o que representa 20% do total de ações emitidas, ao preço de US$ 16 por ação, totalizando aproximadamente US$ 1,9 bilhão.

Acionistas do GPA aprovam conversão de ações para o Novo Mercado

A conversão das ações preferenciais do Grupo Pão de Açúcar (GPA) foi aprovada por 99,9% dos acionistas na última segunda-feira (30). A medida é essencial para a migração da companhia para o Novo Mercado, segmento de listagem especial da B3. Os acionistas que se abstiveram do voto, não concordaram ou não compareceram à assembleia poderão exercer o direito de retirada no período de 30 dias, contados a partir da publicação da ata, prevista para hoje. Eles irão receber, por papel, R$ 41,54.

BC apresenta IC-Br de dezembro

O Banco Central apresenta às 12h30 o Índice de Commodities Brasil (IC-Br) de dezembro. Em novembro, as matérias primas que têm influência sobre a inflação apresentaram alta de 4,94%, após variação positiva de 2,21% um mês antes. No ano, o IC -Br teve alta de 5,44%; em 12 meses, o aumento foi de 5,88%. Seu equivalente internacional, o Commodity Research Bureau (CRB), mostrou recuo de 6,71% em novembro, mas teve elevação de 7,77% no ano e de 10,19% em 12 meses. Entre os três subgrupos que compõem o IC-Br, o de commodities agropecuárias mostrou alta de 6,09% em novembro. Já o preço das commodities metálicas subiu 0,23% no penúltimo mês de 2019. As commodities energéticas registraram incremento de 5,57% em novembro.

BC publica fluxo cambial semanal

O Banco Central (BC) publica, às 12h30, o fluxo cambial na semana. Entre os dias 9 e 13, o resultado ficou negativo em US$ 5,407 bilhões, reflexo da saída de US$ 10,481 bilhões da conta financeira e da entrada de US$ 5,075 bilhões na conta comercial. Com isso, o fluxo cambial ampliou a saída no acumulado de dezembro para US$ 8,241 bilhões. A conta de capitais é responsável por déficit de US$ 13,145 bilhões, enquanto a conta comercial tem superávit de US$ 4,904 bilhões. No ano até o último dia 13, o fluxo cambial estava negativo em US$ 35,397 bilhões. O fluxo financeiro responde por uma saída de US$ 55,482 bilhões. O fluxo comercial estava positivo em US$ 20,085 bilhões.

OAB quer revogar tarifa no cheque especial

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou ofício em que pede ao Banco Central (BC) a revogação da cobrança de tarifa no cheque especial.

BC da China reduz exigência de compulsórios

O Banco do Povo da China (PBoC) disse que reduzirá a parcela dos depósitos que os bancos comerciais precisam manter como reserva. O PBoC informou que reduzirá sua taxa de reservas obrigatórias para todos os bancos em 0,5 ponto percentual, a partir de 6 de janeiro, injetando mais de 800 bilhões de yuan (US$ 114,9 bilhões) no sistema financeiro. O BC chinês também deve anunciar mais cortes na taxa de exigências de reservas (RRR, iniciais em inglês) ainda este ano para ajudar bancos menores que estão com dificuldades de liquidez, dizem economistas do CICC.

Trump diz que assinará acordo preliminar com China no dia 15

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse na terça-feira (31) pelo Twitter que assinará a primeira fase do acordo comercial com a China em 15 de janeiro. O acordo comercial da “Fase 1” exige que os EUA reduzam tarifas e que a China compre maiores quantidades de produtos agrícolas dos EUA

Bolsonaro e Guedes sem compromissos oficiais

O presidente Jair Bolsonaro não tem compromissos oficiais em sua agenda desta quinta-feira, assim como o ministro da Economia, Paulo Guedes.