Mercado fechado

O que você precisa saber e acompanhar nesta quinta

·8 minuto de leitura

Aqui estão as notícias para você começar o dia Agência Brasil Petrobras tem prejuízo com anistia tributária e despesas financeiras A Petrobras fechou o terceiro trimestre com prejuízo de R$ 1,55 bilhão, comparado ao lucro de R$ 9,09 bilhões no mesmo período de 2019. O resultado reflete efeitos de adesão a programas de anistia tributária no Rio e no Espírito Santo — a empresa pagou R$ 1,9 bilhão para encerrar um passivo contingente de R$ 3,9 bilhões. O aumento dos custos de exploração, em mais de cinco vezes, para R$ 1,45 bilhão, também pesou, e reflete a baixa do bônus de assinatura do bloco de Peroba no valor de R$ 800 milhões. Ainda assim, o lucro operacional aumentou 26%, para R$ 18,03 bilhões. Mas a despesa financeira quase dobrou para R$ 23,57 bilhões e corroeu o ganho. A dívida líquida da petroleira somou R$ 373,5 bilhões no fim de setembro, queda de 4,2% em relação ao segundo trimestre deste ano. O presidente da petroleira, Roberto Castello Branco, afirmou que a companhia deve reduzir os investimentos previstos para os próximos anos. O executivo confirmou a intenção de manter apenas os projetos que sustentem o retorno ao preço US$ 35 por barril de óleo equivalente (boe), devido à “escassez de capital e à necessidade de reduzir a dívida”. A Petrobras deve divulgar seu novo plano de negócios, o primeiro após a pandemia e o choque nos preços do barril, em 30 de novembro. A companhia realiza teleconferência com analistas às 10h. EUA noticiam dado preliminar do PIB do 3º trimestre O Departamento do Comércio dos EUA noticia, às 9h30 (de Brasília), o dado preliminar do PIB do terceiro trimestre de 2020. A leitura anterior foi de contração anualizada de 31,4% na comparação trimestral. A expectativa é de alta de 31%, também em base anualizada. Junto com o relatório do PIB, será divulgado o dado preliminar do índice de preços de gastos com consumo pessoal (PCE) e seu núcleo do terceiro trimestre de 2020. No segundo trimestre, a variação do PCE foi de -1,6% e do núcleo, -0,8% ante o trimestre anterior. EUA revelam pedidos iniciais de seguro-desemprego na semana O Departamento de Trabalho dos EUA revela, às 9h30 (de Brasília), o número de novos pedidos de seguro-desemprego requeridos na semana até 24 de outubro. Na semana anterior, houve 787 mil pedidos iniciais. Estima-se 775 mil novos pedidos. Tesouro apresenta Resultado Primário do Governo Central de setembro A Secretaria do Tesouro Nacional apresenta, às 14h30, o Resultado Primário do Governo Central - que reúne as contas do Tesouro, da Previdência Social e do Banco Central - de setembro. O governo central registrou déficit primário de R$ 96,096 bilhões em agosto. No mesmo mês de 2019, as contas haviam ficado negativas em R$ 16,821 bilhões. Ministério da Economia publica Caged de setembro O Ministério da Economia publica, às 16h, os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de setembro. A mediana das projeções colhidas pelo Valor Data com 20 instituições financeiras e consultorias aponta para a criação de 227.874 postos de trabalho em setembro. Em agosto, foram 249 mil novas vagas. As projeções variam de 125.000 a 301.551. Para 2020, a expectativa ainda é de destruição de 887.320 postos, a partir das projeções de 13 casas. Ambev está em recuperação em "V", diz a companhia A Ambev está em recuperação contínua em formato de “V”, impulsionada pela estratégia comercial, disse a companhia. Todos os países tiveram melhora no desempenho no terceiro trimestre, comparado com o segundo trimestre, com aumento no volume vendido a partir do segundo trimestre, à medida que os países levantaram restrições impostas ao comércio por causa da pandemia de covid-19. A empresa teve lucro líquido de R$ 2,27 bilhões no trimestre, recuo de 8,9%. A receita foi de R$ 15,6 bilhões, alta de 31%. Às 11h30, a administração da Ambev faz teleconferência com analistas e investidores. Vale lucra 139% mais A Vale registrou lucro líquido de R$ 15,6 bilhões no terceiro trimestre de 2020, alta de 139% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita líquida da companhia avançou 42%, para R$ 57,9 bilhões, enquanto o Ebitda cresceu 79%, para R$ 32,8 bilhões. A dívida líquida da companhia ficou em US$ 4,47 bilhões, o menor patamar desde o quarto trimestre de 2008 segundo a companhia. A companhia destaca menores compromissos relacionados a Brumadinho e Samarco e Fundação Renova. A Vale realiza teleconferência com analistas às 10h. Bradesco tem queda de 23% no lucro O Bradesco registrou lucro recorrente de R$ 5 bilhões no terceiro trimestre, queda de 23,1% em relação ao mesmo período do ano passado. As receitas de serviços totalizaram R$ 8,12 bilhões no terceiro trimestre, queda de 3,6% na comparação com o mesmo período de 2019. O Bradesco fez provisão adicional de R$ 2,6 bilhões para lidar com a crise da covid-19. O banco realiza teleconferência com analistas às 10h30. GPA vê lucro subir 152% O GPA registrou lucro atribuído aos acionistas controladores de R$ 386 milhões no terceiro trimestre, alta de 152% em relação ao mesmo período de 2019. A receita avançou 57,5%, para R$ 21,3 bilhões, contando as operações brasileiras e o Grupo Éxito. O Ebitda da companhia cresceu 29,7%, para R$ 1,7 bilhão. O atacarejo Assaí registrou receita bruta de R$ 10,1 bilhões, alta de 33,4% na comparação anual e maior crescimento da história da bandeira, segundo o GPA. A empresa realiza teleconferência com analistas às 10h. BR vai poder excluir R$ 1,4 bi de ICMS da base de PIS/Cofins A BR Distribuidora obteve decisão definitiva para a exclusão de R$ 1,4 bilhão de ICMS de base de PIS/Cofins. O ganho no valor total de R$ 874,6 milhões será refletido nas demonstrações financeiras quarto trimestre de 2020. Cesp tem alta de 645% no lucro A Cesp registrou alta de 645% no prejuízo líquido ao fim do terceiro trimestre deste ano, para R$ 58,5 milhões. A receita da companhia subiu 13,5% no comparativo anual, para R$ 470,5 milhões, devido à sazonalidade da energia vendida e o início das operações de "trading" da comercializadora da Cesp. A companhia realiza teleconferência com analistas às 11h. Lucro da Multiplan cresce mais de quatro vezes A Multiplan registrou lucro líquido de R$ 568,7 milhões no terceiro trimestre, crescimento de mais de quatro vezes na comparação com o mesmo período do ano passado. A receita líquida caiu 34,8%, para R$ 210,7 milhões, mas a empresa reconheceu uma receita extraordinária de R$ 574,3 milhões com a venda de uma torre comercial, em julho de 2020. A Multiplan realiza teleconferência com analistas às 11h30. Odontoprev tem lucro 60% maior A Odontoprev registrou lucro atribuído aos acionistas controladores de R$ 85,8 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que representa alta de 60,87% ante o mesmo período de 2019. A receita de bens e serviços da companhia caiu 4,92%, para R$ 430,35 milhões. A companhia registrou adição líquida de 121 mil vidas no trimestre, melhor desempenho sazonal desde 2011. A companhia anunciou ainda o pagamento de R$ 72,6 milhões em dividendos. A Odontoprev realiza teleconferência com analistas às 10h. EDP vê lucro cair 15% O lucro líquido da EDP Brasil caiu 15,3% no terceiro trimestre deste ano, para R$ 299,8 milhões. A receita da companhia foi de R$ 3 bilhões, queda de 12,5% em relação ao mesmo período de 2019, enquanto o Ebitda de R$ 699,4 milhões representa recuo de 10,2% no comparativo anual. A EDP realiza teleconferência com investidores às 12h. Pilgrim’s, da JBS, tem queda de quase 70% no lucro A Pilgrim's, controlada pela JBS, registrou lucro líquido de US$ 33,4 milhões no terceiro trimestre, queda de 69,5% ante o mesmo período de 2019. Segundo a JBS, o resultado foi impactado pela multa de US$ 110 milhões que a Pilgrim's pagou ao Departamento de Justiça (DoJ) dos Estados Unidos para encerrar uma investigação sobre cartel de frango. Lucro da Tupy cresce 93% A Tupy registrou lucro líquido de R$ 128 milhões no terceiro trimestre, alta de 93% na comparação anual. O desempenho foi beneficiado pela redução de custos e despesas no período. Já a receita caiu 6,6%, para R$ 1,25 bilhão, com o recuo nas vendas. A Tupy realiza teleconferência com analistas às 11h. O diretor-presidente da Tupy, Fernando Cestari de Rizzo, e o vice-presidente de finanças, controles e administração, Thiago Fontoura Struminski, participam, às 18h, de uma live para falar sobre os resultados. Ford tem lucro seis vezes maior A Ford registrou lucro líquido de US$ 2,4 bilhões no terceiro trimestre deste ano, valor seis vezes maior que os US$ 400 milhões registrados no mesmo período de 2019. A receita líquida avançou 1,35%, para US$ 37,5 bilhões. Na América do Sul, a companhia registrou queda de 39% na receita, para US$ 600 milhões, além de prejuízo operacional de US$ 108 milhões, queda de 34,5%. Minerva vai investir em foodtech do Vale do Silício A Minerva anunciou o investimento de US$ 4 milhões na Clara Foods, foodtech do Vale do Silício que desenvolve proteínas sem origem animal para uso na indústria de alimentos. A startup já recebeu duas rodadas de investimento, levantando mais de US$ 50 milhões. A Minerva havia anunciado há quatro meses a criação de um fundo para investir em startups. Latam quer ampliar oferta de voos em novembro O Grupo Latam Airlines pretende ampliar a oferta de voos em novembro para 4,3 mil frequências por semana, o que representa 1 mil voos a mais do que o registrado em outubro. Esse número inclui voos nacionais e internacionais. No Brasil, a Latam pretende operar 54% de sua capacidade em novembro, ante 48% em outubro, alcançando 337 voos por dia.