Mercado fechado

O que você precisa saber e acompanhar nesta sexta

·4 minutos de leitura

Aqui estão as notícias para você começar o dia Divulgação | Natura Natura &Co fixa preço da ação de oferta subsequente em R$ 46,25 A Natura &Co Holding informou, nesta sexta-feira, que estabeleceu em R$ 46,25 o preço por ação em sua oferta subsequente de 121,4 milhões de ações, resultando em uma captação de R$ 5.614.750.000,00. A oferta será feita no país e no exterior sob a forma de American Depositary Shares (ADSs), representados por American Depositary Receipts (ADRs). As novas ações começam a ser negociadas na B3 no dia 13 de outubro. É a segunda operação deste tipo este ano. Em maio, a empresa já havia captado R$ 2 bilhões. IBGE apresenta IPCA de setembro O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta, às 9h, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro. A mediana das projeções de 38 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor mostra uma alta de 0,54% no IPCA de setembro, ante 0,24% registrado em agosto. As projeções variam desde alta de 0,40% até 0,65%. Em 12 meses até setembro, a projeção é de um IPCA acumulado de 3,03%, de 2,44% no acumulado até agosto. No ano até agosto, a inflação oficial acumula agora alta de 0,70% e, em 12 meses, de 2,44%. Também às 9h, o IBGE publica o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de setembro. Rede D’or quer até R$ 10 bi em oferta A Rede D’or pretende captar entre R$ 7,5 bilhões e R$ 10 bilhões em sua oferta inicial de ações, segundo fontes consultadas pelo Valor. A companhia vai entrar com seu pedido de registro de companhia aberta na CVM nesta sexta-feira e, em novembro, deve ser decidido sobre a oferta secundária. Totvs prorroga proposta pela Linx O conselho de administração da Totvs aprovou a prorrogação da proposta de combinação de negócios com a Linx até 17 de novembro. A companhia criticou a postura do conselho de administração da Linx em relação à recomendação da proposta da Stone de fusão, que será levada para avaliação em assembleia geral extraordinária em 17 de novembro. Segundo o documento, os conselheiros da Linx perderam sua independência ao assinarem aditivo que preserva o formato da proposta da Stone, mas reduzindo o valor. Localiza aprova termos de fusão com Unidas A Localiza Rent a Car informou que seu conselho de administração, reunido ontem, aprovou a assinatura do Protocolo e Justificação de Incorporação de Ações com a Companhia de Locação das Américas (Unidas) e a Proposta da Administração à Assembleia Geral Extraordinárias Localiza, por meio dos quais foram estabelecidos os termos e condições para a implementação da combinação dos negócios das companhias, mediante a incorporação de ações da Unidas pela Localiza. A Unidas e a Localiza convocarão para o dia 12 de novembro de 2020, às 10h e às 15h, respectivamente, suas respectivas assembleias gerais extraordinárias, de forma a aprovar os atos societários relativos à incorporação de ações. Grupo Mateus faz o maior IPO da B3 este ano O Grupo Mateus precificou sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em R$ 8,97 cada ação, no piso da faixa indicativa, segundo fontes consultadas pelo Valor. Com isso, a oferta deverá movimentar R$ 4,5 bilhões, considerando os lotes extras. Esse é o maior IPO realizado na B3 este ano. A demanda pelos papéis superou a oferta em cinco vezes. Cerca de 70% das ações ficou com investidores locais. Minerva encerra negociações para levar Athena Foods à Nasdaq A Minerva encerrou as negociações para levar sua subsidiária Athena Foods à Nasdaq. A Sociedade de Propósito Específico para Aquisição (SPAC, na sigla em inglês), listada na Nasdaq, investiria US$ 300 milhões para adquirir 23% da Athena. Segundo fontes, a piora das condições dos mercados atrapalhou os planos e a SPAC não cumpriu requisitos como obtenção de empréstimo de US$ 100 milhões. Fux desbloqueia R$ 2 bi do Itaú O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luiz Fux, determinou ontem o desbloqueio de R$ 2 bilhões do Banco Itaú, determinado por uma liminar de uma juíza do Pará. Segundo o site “Jota”, o bloqueio foi solicitado no âmbito de um processo em que um homem aponta que deve receber os valores referentes a ações adquiridas entre 1970 e 1980. A sessão foi interrompida por um pedido de vista e, por enquanto, permanece a decisão de Fux. Itaú lança app de investimentos para pessoa física O Itaú vai lançar um aplicativo de investimentos para pessoa física, o íon. O diretor de produtos de investimento e previdência do Itaú, Cláudio Sanches, aponta que os clientes deram feedbacks solicitando uma plataforma multicanal em que fosse possível ter todas as opções de investimentos, como títulos de renda fixa e ativos da bolsa, utilizável em dispositivos móveis. O aplicativo entrará no ar em versão de testes.