Mercado abrirá em 5 h 34 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,51
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.778,20
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    42.319,74
    -624,87 (-1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.053,88
    -9,97 (-0,94%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.054,55
    +73,57 (+1,05%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.091,00
    +67,00 (+0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1771
    -0,0020 (-0,03%)
     

8 coisas para mudar no seu perfil do LinkedIn depois de uma demissão

·3 minuto de leitura
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Se você perdeu o emprego durante a quarentena ou está preocupado com os próximos meses, tenha calma. Demissões infelizmente fazem parte do processo, mas é preciso estar preparado para quando elas chegarem — e para sair o mais rápido possível do desemprego.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Um bom primeiro passo é dar um upgrade no seu perfil no LinkedIn. Mas qual a maneira certa de fazer isso, avisar ao mundo que você perdeu o emprego e que quer outro? Algumas dessas dicas podem ajudar.

Leia também

1. Atualize seu Headline

Este é o primeiro passo porque ele aparece em tudo que você faz, inclusive quando comenta em outras postagens. Mas não desperdice seus 120 caracteres com "Procurando uma nova oportunidade". Prefira palavras-chave que expliquem seu trabalho.

2. Tire uma foto boa

É essencial ter uma foto com aparência profissional no seu perfil. A própria rede diz que membros com foto recebem 21 vezes mais visualizações de perfil e nove vezes mais solicitações de conexão do que os que não têm. Se você não tiver uma, tire uma foto boa - vista uma roupa apropriada para o trabalho.

3. Pense antes de sair postando

Infelizmente muitos de nós temos visto recentemente postagens de pessoas anunciando suas demissões, mas fazer isso pode não ser a decisão mais inteligente. Pense no tom do texto, evitando encontrar desculpas para a demissão e focando nas suas competências.

4. Envie mensagens pessoais

Uma alternativa a postar publicamente sobre a demissão é enviar mensagens pessoais estrategicamente para as pessoas em sua rede de contatos e que estão em melhor posição para ajudar. Mas atenção: é preciso saber se a pessoa também não está em crise no seu emprego - e, claro, se não foi demitida.

5. Otimize a seção Experiência

Em vez de listar cargos e datas, conte cada emprego como uma mini história: o que a empresa faz, o que você foi contratado para fazer, o escopo do seu trabalho e suas realizações. Você também pode usar esta seção para destacar nos antigos trabalhos algumas características que você está buscando em um novo emprego, como liderança, edição, vendas, etc.

6. Não adicione um novo cargo imediatamente

Um erro comum é atualizar sua ocupação com o primeiro bico que aparecer, só para se mostrar fazendo algo. Lembre-se que isso vai ser a primeira coisa que as pessoas verão na sua Experiência, e pode acabar escondendo cargos mais importantes. Adicione a data final do seu emprego mais recente e pronto.

7. Mostre-se aberto a novas oportunidades

Ative, no topo do perfil, a opção que diz: "Mostre aos recrutadores que você está aberto a oportunidades de emprego". Na seção Sobre, você aproveita para explicar melhor do que é capaz e o que está buscando.

8. Aumente suas conexões

Agora é o momento de fazer novas conexões. Verifique se você se conectou com todos da sua última empresa, fornecedores e clientes anteriores e qualquer outra pessoa com quem você trabalhou na área profissional. Quanto mais conexões você tiver em comum com uma pessoa, maior a chance de você aparecer em uma pesquisa dela.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos