Mercado fechará em 5 h 37 min
  • BOVESPA

    100.608,33
    +1.936,07 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.782,92
    +41,42 (+0,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,61
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.828,70
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    20.709,57
    -708,00 (-3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,25
    -10,54 (-2,28%)
     
  • S&P500

    3.905,74
    -6,00 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    31.499,52
    -1,16 (-0,00%)
     
  • FTSE

    7.244,13
    +35,32 (+0,49%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.060,75
    -79,75 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5241
    -0,0283 (-0,51%)
     

O que esperar de Gotham Knights, nova série no universo do Batman?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Bruce Wayne está morto. Sim, é desse jeito repentino e surpreendente que Gotham Knights, a mais nova série da CW começa. A produção é a principal aposta da emissora após uma sequência de cancelamentos e, para isso, nada melhor do que pegar carona no sucesso do Batman — ou pelo menos de seu cadáver. Afinal, como não ficar curioso pelo que aconteceu ao Homem-Morcego?

Só que, apesar de ser inegavelmente intrigante, o seriado também vem dividindo opiniões por causa de sua premissa e de algumas decisões um tanto quanto inusitadas. Isso porque, ao invés de aproveitar a Batfamília já existente ou o conceito que o game Gotham Knights vai explorar — e que também parte da morte do herói —, a série segue por um caminho totalmente inédito e bastante curioso. Afinal, temos o filho adotivo de Bruce Wayne defendendo a cidade enquanto tenta limpar seu nome.

Sim, você não leu errado. Em Gotham Knights, a CW vai expandir a mitologia do Cavaleiro das Trevas e trazer um rol de personagens completamente novos para explorar não só a desconhecida família do Cruzado Encapuzado, mas também de alguns de seus vilões. E, sim, teremos a filha do Coringa sendo uma das mocinhas.

Qual a história de Gotham Knights?

Isso tudo deixa bem claro que a proposta da nova série é ter uma abordagem bem teen do universo do herói — o que não é nenhuma surpresa, pois esse é o principal público-alvo da emissora. Então, assim como vimos em Flash, Supergirl e até mesmo em Arrow, prepare-se para a fórmula “grupinho agindo secretamente na cidade e se dividindo entre romances e luta contra vilões”.

E tudo começa, como já dito, com a morte de Bruce Wayne. O bilionário é assassinado enquanto atuava como Batman em Gotham, supostamente por um grupo de adolescentes filhos de seus vilões. O problema é que eles alegam não terem matado o herói, sendo vítima de uma grande armação para culpá-los.

O filho adotivo de Bruce Wayne e outros jovens ligados a vilões são acusados de matar o Batman e precisam provar sua inocência (Imagem: Reprodução/CW)
O filho adotivo de Bruce Wayne e outros jovens ligados a vilões são acusados de matar o Batman e precisam provar sua inocência (Imagem: Reprodução/CW)

Para piorar, o próprio filho adotivo de Bruce, Turner Hayes (Oscar Morgan), também é acusado, suspeito de ser o mandante do crime para que pudesse herdar a fortuna da família. Em outras palavras, é aquela grande conspiração envolvendo os poderosos de Gotham feita para descartar os inconvenientes.

E é aí que esse grupinho decide se unir para limpar seus nomes e descobrir quem é o verdadeiro responsável pelo assassinato de Bruce e das falsas acusações. Assim, Turner vai ter que passar a trabalhar com a filha do Coringa, Duela (Olivia Rose Keegan), e os irmãos Harper (Fallon Smythe) e Cullen Row (Tyler DiChiara), além da última Robin treinada por seu pai, Carrie Kalley (Navia Ziraili Robinson).

Misha Collins vem direto de Supernatural para ser o novo Harvey Dent (Imagem: Reprodução/CW)
Misha Collins vem direto de Supernatural para ser o novo Harvey Dent (Imagem: Reprodução/CW)

A partir disso, o grupo passará a série fugindo da polícia e do promotor Harvey Dent (Misha Collins) enquanto adotará a Batcaverna como sua base de operações. E assim nascem os Cavaleiros de Gotham, um grupo de heróis improváveis que vai não só buscar respostas, mas também defender a cidade deixada à mercê de criminosos após a morte do Batman.

O que esperar de Gotham Knights?

Diante dessa premissa, é até difícil esperar algo realmente grandioso de Gotham Knight. Como dito, é uma série voltada a um público mais adolescente e que deve se apoiar muito mais na mitologia do Homem-Morcego do que realmente em histórias e personagens já conhecidos para desenvolver seu roteiro.

E, por mais juvenil que soe toda a premissa, a verdade é que essa liberdade em relação ao cânone da DC dá bastante liberdade para que o seriado siga o caminho que preferir. Ao contrário de Gotham, cuja trama tinha que caminhar para um ponto já estabelecido e que engessava muita coisa, Gotham Knights já parte da morte do Batman — ou seja, daqui para frente, tudo é possível.

Série pode se aproveitar da liberdade para surpreender (Imagem: Reprodução/CW)
Série pode se aproveitar da liberdade para surpreender (Imagem: Reprodução/CW)

Essa liberdade pode abrir espaço para que tenhamos boas surpresas, uma vez que não há amarras narrativas limitando a história. Isso permite, por exemplo, que tenhamos um filho adotivo de Bruce Wayne herdando a verve heroica do pai — algo que não existe nas HQs. É o tipo de coisa que muito fã pode torcer o nariz, mas que pode render boas surpresas e que se encaixa muito bem no clima mais descompromissado da CW.

Isso não quer dizer, porém, que Gotham Knights vai ignorar os gibis. Na verdade, muitos elementos apresentados no filme são retirados das HQs, seja na atuação do próprio Harvey Dent — que não é o Duas-Caras por aqui — quanto nos próprios meliantes juvenis que formam os Cavaleiros de Gotham.

Tanto Duela quanto os irmãos Cullen são personagens que existem nos quadrinhos, ainda que com algumas adaptações para a série. No caso da filha do Coringa, ela existe na DC desde 1976 e já foi heroína e vilã ao longo de todos esses anos. E embora tenha feito parte dos Jovens Titãs em suas aventuras iniciais, ela foi reformulada e se tornou uma criminosa obcecada pelo Palhaço depois da fase Novos 52.

Carrie Kalley é a Robin do clássico Cavaleiro das Trevas (Imagem: Reprodução/CW)
Carrie Kalley é a Robin do clássico Cavaleiro das Trevas (Imagem: Reprodução/CW)

Já Harper Row aparece pela primeira vez em Batman #7, em 2012, como a heroína Pássaro Azul. Ela é uma engenheira elétrica que decide ajudar o Batman — mesmo que a contragosto do herói — após ele ter protegido seu irmão de um assalto. Assim, ela usa suas habilidades para combater o crime.

E embora essas origens dos quadrinhos sejam bem diferentes daquilo que Gotham Knight já mostrou, é o tipo de referência que deve aparecer na série de uma forma ou de outra e que, como tudo na CW, vai servir para atrair a atenção desse público mais jovem.

Além disso, a emissora já confirmou alguns outros nomes conhecidos dos fãs das HQs. É o caso de Stephanie Brown, que já foi Robin e a Batgirl, além da própria Carrie Kalley, que é a Robin que aparece no clássico Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller.

E o jogo?

Não confunda a série com o jogo Gotham Knights, que também tem um Batman morto, mas com heróis de verdade no centro da ação (Imagem: Divulgação/Warner Games)
Não confunda a série com o jogo Gotham Knights, que também tem um Batman morto, mas com heróis de verdade no centro da ação (Imagem: Divulgação/Warner Games)

Apesar de a série ter o mesmo nome e uma premissa bem parecida com o jogo que a Warner vai lançar para consoles em 2022, estamos falando de Gotham Knights bem diferentes. Nos videogames, também temos a história partindo da morte de Bruce Wayne — algo que é mostrado no jogo Batman: Arkham Knight —, mas com desdobramentos bem distintos.

No caso, ao invés de um filho adotivo e criminosos desconhecidos, os tais cavaleiros são membros da própria Batfamília. Assim, temos Asa Noturna, Capuz Vermelho, Robin e Batgirl se unindo para manter o legado de Bruce vivo: ou seja, surrando bandidos nas ruas de Gotham.

Gotham Knights (a série) tem estreia prevista para 2023, sem data definida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos