Mercado fechará em 4 h 55 min
  • BOVESPA

    108.694,60
    -282,10 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,40
    -1,88 (-2,46%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    16.190,35
    -355,27 (-2,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,68
    -2,98 (-0,78%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.456,08
    -30,59 (-0,41%)
     
  • HANG SENG

    17.297,94
    -275,64 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.162,83
    -120,20 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.709,50
    -73,25 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6195
    -0,0049 (-0,09%)
     

O que esperar do Android 14?

O Android 13 mal se estabeleceu entre os celulares mais modernos, mas é fato que muita gente se pergunta: o que esperar do Android 14? A próxima grande atualização do Sistema Operacional do Robô ainda não tem data prevista para lançamento, mas já desperta curiosidade naqueles que sempre se perguntam: como a Gigante das Pesquisas vai inovar e incrementar no próximo SO?

Neste artigo, o Canaltech busca reunir todas as informações prévias acerca do novo sistema operacional, sejam elas rumores ou apenas anseios da comunidade, tentando responder à pergunta: o que será que o Android 14 trará de novidade?

Nova tela de bloqueio

No iOS 16, a Apple tornou a tela de bloqueio uma área profundamente personalizável. Usuários podem definir papéis de parede dinâmicos, escolher o visual do relógio, mudar cores e, mais importante ainda, adicionar widgets de aplicativos. A adição tornou a seção mais robusta, única e reconhecível no iPhone.

O Android já teve uma tela de bloqueio dessas (ao menos com widgets), mas a função foi aposentada a partir do Android 4.4 KitKat. Era possível adicionar complementos à tela de bloqueio e tornar a seção ainda mais útil — isso, numa época que o SO ainda sofria com padronização visual.

A One UI 5 com Android 13 já permite personalizar a tela de bloqueio com muito mais profundidade, e essa função pode chegar completa no Android 14 (Imagem: Reprodução/Samsung)
A One UI 5 com Android 13 já permite personalizar a tela de bloqueio com muito mais profundidade, e essa função pode chegar completa no Android 14 (Imagem: Reprodução/Samsung)

Se a concorrência trouxe a função de volta, não seria estranho que o Google também revivesse essa “novidade”. O Android 14 pode trazer uma tela de bloqueio mais moderna, dinâmica e exclusiva, seguindo os padrões e conceitos do Material You e, quem sabe, aproveitando um pouco do que a Samsung apresentou na One UI 5.

Agrupamento de widgets

O Android 12 deu nova vida aos widgets que compõem o sistema e a atualização de 2022 deu mais um passo nessa modernização. É provável, portanto, que o Android 14 continue nesse mesmo caminho, e já existem funcionalidades interessantes nas quais o Google pode se inspirar.

Stickers agrupados seriam uma ótima adição para o Android 14 (Imagem: Reprodução/Samsung)
Stickers agrupados seriam uma ótima adição para o Android 14 (Imagem: Reprodução/Samsung)

Uma das adições está no agrupamento de widgets presente na One UI 5 e no iOS. A função permite colocar mais de um complemento numa única área e alternar entre eles com gestos, poupando espaço da tela e criando mais uma camada de personalização.

Gesto “retornar” mais previsível

O Android 14 deve introduzir uma função há muito tempo prevista para embarcar no sistema do Google: a previsibilidade do botão “retornar”. Ao acionar o gesto, o usuário poderá conferir qual será a ação antes de concluir o comando.

A função é uma adição simples, mas que pode introduzir uma profunda melhoria em usabilidade. Com ela, usuários poderão navegar com mais controle sobre qual próxima ação tomar, sem ser surpreendidos com uma interação extra no aplicativo em primeiro plano.

Conexão por satélite

O Google deve introduzir suporte para a conexão por satélite no Android 14. O vice-presidente sênior de plataformas e ecossistemas do Google, Hiroshi Lockheimer, disse no Twitter que a compatibilidade tentará democratizar a internet no mundo, levando a conectividade para “zonas mortas”.

Melhor gerenciamento de aplicativos

Um antigo problema do Android está no gerenciamento de atividade em segundo plano. Há gerações desenvolvedores precisam lidar com implementações distintas de gerenciadores de tarefas pouco documentados que podem interferir na funcionalidade de programas. Pensando em tornar essa relação menos tumultuada, o Google inventou o The Android Resource Economy (TARE).

Trata-se de uma complexa ferramenta de gerenciamento de desempenho que reorganiza o fluxo de processamento do sistema para otimizar a execução de tarefas em segundo plano. O mecanismo aplica princípios de “oferta e demanda” para ordenar o trabalho dos bastidores, criando um suprimento de “Créditos de recursos do Android”, os chamados ARCs, que devem ser distribuídos por aplicativos para determinar a importância de cada processo.

Android 64 bits para CPUs Armv9

No Android 14, o Google deve enfim dar mais um passo na aposentadoria do Android de 32 bits. É possível que a empresa obrigue a fabricantes embarcarem dispositivos com 4 GB ou mais com a versão de 64 bits do SO, enquanto modelos com 3 GB ou menos recebem a edição de 32 bits.

Na versão “mais encorpada” do sistema, o Google consegue proporcionar maior segurança, performance e melhor capacidade de manutenção para desenvolvedores.

Quando o Android 14 será lançado?

Ainda é muito cedo para palpitar com precisão sobre a data de lançamento do Android 14, mas se o Google seguir a tradição, o sistema deve ser lançado entre setembro e outubro de 2023.

A primeira versão Beta do sistema operacional, porém, já tem janela de lançamento programada para abril de 2023, um mês após a conclusão dos testes com o Android 13. Antes disso, o SO deve circular em versão bem preliminar no ciclo conhecido como "Developer Preview" ("Prévia para desenvolvedores", traduzido livremente).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: