Mercado abrirá em 9 h 59 min
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,31
    -0,66 (-0,92%)
     
  • OURO

    1.749,00
    -2,40 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    46.075,54
    -1.954,32 (-4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.150,80
    -74,73 (-6,10%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.047,10
    -873,66 (-3,51%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.227,50
    -98,50 (-0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1876
    -0,0118 (-0,19%)
     

O que as empresas de TI devem fazer para superar o déficit de profissionais

·2 minuto de leitura

A demanda alta por profissionais de Tecnologia da Informação (TI) é constante no Brasil. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), os cursos superiores formam cerca de 46 mil alunos por ano, mas para suprir o déficit de contratações, seria preciso 70 mil profissionais por ano, ou 420 mil até 2024. Por isso o setor tenta "dar seu jeito" para contornar a situação, tanto para manter os experts que já trabalham na empresa quanto para atrair outros bons talentos.

Uma forma de fazer isso é construir ou reforçar a cultura organizacional da empresa. Como se faz isso? É importante deixar claro aos profissionais quais são a missão e os valores da companhia, dar algum senso de comunidade às equipes e discutir constantemente e internamente as melhorias e mudanças desta cultura. Isso é possível promovendo debates, workshops com consultores e pesquisas e avaliações internas.

A segunda dica é manter um ambiente que atraia pessoas e estimule a manutenção dos que já fazem parte da equipe. Para atingir o objetivo, a empresa pode investir em formação e capacitação dos profissionais, além de trazer cada vez mais tecnologia para a gestão e operação do negócio. É interessante também dar abertura para a experimentação e renovação dos processos, como dando a opção de trabalho remoto, como foi constante na pandemia.

Buscar parcerias é uma maneira de renovar as ideias, o conhecimento e a mentalidade da empresa. "Isso pode acontecer se houver apoio das iniciativas privada e pública, universidades e bootcamps de ensino, por exemplo, que podem ter papel significativo no aumento de profissionais no mercado”, sugere o CEO da desenvolvedora de software Lambda3, Victor Hugo Germano.

Imagem: Reprodução/DCStudio/Freepik
Imagem: Reprodução/DCStudio/Freepik

Outra sugestão é a empresa vestir a camisa de causas importantes, em temas como sustentabilidade, ações sociais, saúde mental e emocional. Coletar alimentos e roupas para ajudar pessoas em vulnerabilidade social, como moradores de rua ou vítimas de desastres naturais, é um passo importante. Internamente, é fundamental discutir formas de evitar o excesso de trabalho ou eliminar o assédio moral. "É preciso criar um espaço onde as pessoas tenham suporte e rede de apoio quando passarem por dificuldades”, afirma Patrícia Kost, diretora de pessoal e cultura da Lambda3.

Novos profissionais também têm priorizado trabalhar em empresas com mais diversidade nas equipes. Este fator ajuda a trazer um clima mais democrático na cultura da empresa. Apoiar campanhas contra o preconceito nas redes sociais e no marketing da empresa, além de dar atenção especial a candidatos a vagas de emprego pertencentes a minorias, são medidas bem válidas. No caso de TI, vale buscar talentos em iniciativas do tipo, como PretaLab, InfoPreta, Programaria, Codamos e outros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos