Mercado fechado

O que é restituição do imposto de renda? Entenda como funciona

Felipe Blumen
·1 minuto de leitura
O que é restituição do imposto de renda? Entenda como funciona
A restituição do IR acontece quando a Receita Federal detecta que o contribuinte pagou mais impostos do que deveria e recebe de volta parte do valor. (Foto: Marcelo Bittencourt/Futura Press)

Declarar e pagar o Imposto de Renda não é um cálculo apenas de subtração e de perda de dinheiro. Quando você faz tudo certo e informa seus rendimentos e pagamentos corretamente, a Receita Federal compara todos os dados com a sua alíquota IR para saber se algum valor deve ser restituído.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A restituição do Imposto de Renda acontece quando a Receita Federal detecta que o contribuinte pagou mais impostos do que deveria e recebe de volta parte do valor.

Por que existe a restituição

Quando a declaração é feita, o software do Receita Federal calcula automaticamente o imposto apropriado para os ganhos declarados.

Leia também

Acontece que muitos brasileiros já pagam o IR mensalmente - é a alíquota recolhida diretamente na folha de pagamento. Além disso, em muitos casos podem ser aplicadas deduções ao imposto a ser pago, como pagamentos de saúde e educação e até mesmo a declaração de dependentes.

Resultado: algumas pessoas acabam pagando mais do que deveriam ao declarar o Imposto de Renda.

Como funciona a restituição

A Receita Federal devolve o dinheiro aos contribuintes que pagaram demais por meio de lotes de restituição do Imposto de Renda. Geralmente, quem paga o IR primeiro também recebe a restituição nos primeiros lotes.

Em 2020, por exemplo, o valor do tributo excedente foi entregue de volta aos contribuintes em cinco lotes mensais, a partir do mês de maio. O objetivo é que a quantia seja devolvida até o mês de dezembro do mesmo ano em que foi declarada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News