Mercado abrirá em 8 h 12 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,98
    +0,69 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.762,00
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    42.380,59
    -3.347,78 (-7,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.058,30
    -76,09 (-6,71%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.022,12
    -77,02 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    29.969,10
    -530,95 (-1,74%)
     
  • NASDAQ

    15.081,00
    +71,50 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2466
    +0,0019 (+0,03%)
     

O que acontece com o organismo quando ingerimos muito sal?

·2 minuto de leitura

O sal de cozinha é um grande aliado na prática culinária, deixando a comida ainda mais saborosa e temperadinha. Além disso, o mineral, composto de cloreto de sódio, também é importante para o funcionamento do organismo. Enquanto o sódio regula o fluxo e a pressão sanguínea, e ainda media a comunicação entre os nervos e as fibras do músculo, o cloreto ajuda na digestão.

O consumo exagerado de sal, no entanto, assim como muitas outras substâncias, faz mal à saúde, e a principal causa é a desidratação. Quando o organismo recebe muito sódio, os rins, responsáveis por filtrar os resíduos do sangue, retêm mais água. Isso acaba resultando em inchaços nas mãos, braços, pés, tornezelos e pernas, o que é chamado de edema. E essa retenção de água pelos rins, quando frequente, traz resultados ainda mais indesejados no futuro, como a hipertensão.

<em>Imagem: Reprodução/Racool_studio/Freepik</em>
Imagem: Reprodução/Racool_studio/Freepik

Os rins já contam com uma proporção adequada de sódio, potássio e água, e quando os órgãos tentam corrigir o equilíbrio entre sódio e água, a pessoa sente muita sede. Então, surgem dois problemas: beber água demais pode piorar o edema e a pressão arterial, e beber pouca água pode forçar o organismo a absorver água de outras células, resultando em desidratação. É por isso que pessoas que consumem altas quantidades de sódio têm o costume de urinar com frequência, devido ao excesso de água que precisa ser liberado. Com isso, acabam indo junto muitas substâncias importantes, como cálcio, que fortalece ossos e dentes, resultando em chances de desenvolver osteoporose.

Além da hipertensão e desidratação, estudos tentam desvendar o motivo de o excesso de sal provocar úlceras, infecções e até câncer de estômago. Entre as possibilidades estudadas até o momento está a suspeita de que o sódio pode romper a mucosa do estômago. Os pesquisadores também dizem que a substância pode afetar a função cognitiva, mas ainda não há pesquisas que comprovem essa hipótese.

O sal (ou sódio), de fato, pode trazer graves problemas à saúde quando consumido em excesso. A recomendação diária é de 2.300 miligramas de ingestão de sódio para que não haja problemas, então é importante saber usar as quantidades certas de sal na sua cozinha para não ter problemas no futuro, e se possível buscar ajuda de um profissional da nutrição para fazer esse controle.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos