Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.819,61
    -1.097,71 (-2,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

O que acontece com o Bitcoin se a China banir a mineração

·2 minuto de leitura
Bitcoin Vs China. Imagem: Adobe Stock
Bitcoin Vs China. Imagem: Adobe Stock

Quantas vezes você escutou que a China iria banir as criptomoedas, ou acabar com a mineração no país? Em 2017 baniram as corretoras, no ano seguinte, as empresas de arbitragem, e finalmente, em 2019, o ataque foi aos vendedores P2P.

É muito difícil ler, do outro lado do mundo, qual o poder efetivo de CZ (Binance), Star Xu (OKEx), e Leon Li (Huobi). O fato é que as 3 corretoras continuam oferecendo P2P na China.

No caso da mineração, não há dúvidas que mais de 60% do hashrate é originado na região. Já tivemos períodos de aperto, e até proibição em determinadas regiões, e até mesmo uma obrigatoriedade de cadastro para monitorar o uso da energia.

Afinal, China odeia o Bitcoin?

Se o governo pudesse fazer a moeda desaparecer, certamente tentaria. Afinal, o maior sonho do Partido Chinês é implementar um sistema totalitarista, oferecendo controle total sobre as movimentações em moeda local.

Por esse motivo, são declaradamente pró-blockchain, mais especificamente ao CBDC, as moedas digitais emitidas por Bancos Centrais.

A região é tão avançada que algumas cidades inclusive testam atualmente modelos de wallet (carteiras) digital para a moeda local, porém, sem o uso da tecnologia blockchain.

No entanto, é sabido que o país subsidia a energia para impulsionar a indústria local.

Portanto, a mineração não é interessante do ponto de vista econômico. Poderiam implementar impostos mais elevados, buscar captar parte deste ganho, mas provavelmente isso não é uma tarefa simples.

E a história do OTC que foi preso?

Zhao Dong, um dos maiores traders de criptomoedas do país, está na cadeia há 1 ano, processado por “facilitar atividades criminais”, incluindo lavagem de dinheiro em remessas internacionais.

Zhao iniciou no mercado em 2012 após vender uma app por US $ 1,5 milhão. Em 2018 fundou a plataforma de empréstimos RenrenBit, que levantou US $ 21 milhões em seu ICO.

Mais recentemente, Zhao operava um mercado de balcão, ou OTC, para grandes transações.

Ou seja, há exemplos reais de magnatas do setor que estão atualmente na cadeia.

Qual seria o pior cenário?

Banir a mineração não é algo tão ruim, pois as mineradoras podem ser levadas para a Rússia, Cazaquistão, Mongólia, Noruega, além de EUA e Canadá. Nessas regiões existem fontes renováveis e de baixo custo, portanto, se existir algum impacto, é positivo.

Em relação aos chineses que operam via OTC e P2P, o encerramento das contas bancárias traria bastante dor de cabeça, e certamente aumentaria os custos. No entanto, não reduz o apetite de quem deseja fugir das garras do governo.

O efeito final é um prêmio na cotação local, já que a negociação precisa ocorrer por baixo dos panos, mas certamente não reduz a demanda.

Não tenha medo, o Bitcoin vai resistir.

Fonte: Livecoins