Mercado abrirá em 8 h 43 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,35 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,43 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,53
    -0,23 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.801,70
    -3,50 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    23.849,58
    +535,15 (+2,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,27
    +14,39 (+2,65%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,07 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.228,71
    +182,94 (+0,91%)
     
  • NIKKEI

    27.992,85
    -256,39 (-0,91%)
     
  • NASDAQ

    13.221,50
    +38,25 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2113
    +0,0019 (+0,04%)
     

O que é vírus Marburg, que voltou a preocupar após mortes em Gana

Dois casos do vírus Marburg, da mesma família do Ebola, foram confirmados em Gana, na África Ocidental, doença altamente infecciosa e com altas taxas de mortalidade. Os dois pacientes que contraíram o patógeno foram a óbito no mesmo hospital, na região de Ashanti, no sul do país. O resultado positivo da doença, inicialmente verificado mais cedo neste mês, foi confirmado por um laboratório no Senegal.

O primeiro paciente tinha 26 anos e foi internado no dia 26 de junho de 2022, falecendo no dia seguinte. O segundo foi um homem de 51 anos que deu entrada no hospital no dia 28 de junho, falecendo no mesmo dia. Agora, 98 pessoas estão em quarentena por suspeita de contato com os pacientes. A Organização Mundial da Saúde (OMS), que auxilia o Ministério da Saúde do país, elogiou a resposta rápida.

O vírus de Marburg, espécie de primo do Ebola, é altamente contagioso e potencialmente mortal (Imagem: claudioventrella/envato)
O vírus de Marburg, espécie de primo do Ebola, é altamente contagioso e potencialmente mortal (Imagem: claudioventrella/envato)

O que é o vírus de Marburg?

Não há um tratamento específico para a infecção do vírus Marburg, mas os médicos indicam beber muita água e tratar sintomas específicos da doença, o que deve melhorar as chances de sobrevivência do infectado. Transmitida por morcegos, ela se espalha entre os humanos pelos fluidos corporais, sendo uma doença grave e potencialmente fatal. Seus sintomas são:

  • Dor de cabeça;

  • Febre;

  • Dores musculares;

  • Vômitos de sangue;

  • Sangramento generalizado.

Em surtos anteriores, as taxas de mortalidade do Marburg variaram de 24% a 88%, a depender da cepa do vírus e do gerenciamento dos casos. Embora já existam vacinas contra a condição sendo testadas, elas ainda estão na fase 1. As autoridades alertam a população para se manter longe de cavernas (onde pode haver morcegos) e cozinhar bem todos os produtos à base de carne antes do consumo.

Transmitido inicialmente por morcegos, o vírus Marburg se espalha em humanos através dos fluidos corporais (Imagem: rigel/Unsplash)
Transmitido inicialmente por morcegos, o vírus Marburg se espalha em humanos através dos fluidos corporais (Imagem: rigel/Unsplash)

Essa é a segunda vez em que o vírus Marburg é identificado no oeste africano: na Guiné, um caso foi detectado no ano passado, mas o surto teve seu fim declarado em setembro, cinco semanas após o ocorrido. Outros surtos e casos esporádicos já apareceram em Angola, República Democrática do Congo, Quênia, África do Sul e Uganda.

Em Angola, mais de 200 pessoas morreram da doença em 2005, o surto mais mortal já registrado pela OMS. O primeiro surto aconteceu na cidade de Marburg, em 1967, o que deu o nome ao vírus. Na ocasião, 32 pessoas foram infectadas e 7 morreram na Alemanha Ocidental (Marburg e Frankfurt am Main) e Iugoslávia (Belgrado), hoje Alemanha e Sérvia, respectivamente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos