Mercado fechará em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    106.972,60
    +725,45 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.011,67
    +617,64 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,94
    +1,35 (+1,23%)
     
  • OURO

    1.839,80
    +23,90 (+1,32%)
     
  • BTC-USD

    29.990,59
    +945,18 (+3,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,80
    +15,57 (+2,39%)
     
  • S&P500

    3.905,40
    -18,28 (-0,47%)
     
  • DOW JONES

    31.285,33
    -204,74 (-0,65%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.915,25
    -20,25 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1782
    -0,0401 (-0,77%)
     

O que é um dumbphone; os chamados "telefones burros"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Embora smartphones tenham dominado o mercado de telefonia móvel graças aos inúmeros recursos conectados, telas grandes sensíveis ao toque e câmeras cada vez mais poderosas, celulares básicos — também conhecidos como featurephones e dumbphones — continuam chamando atenção de uma boa parcela da população que busca um dispositivo simples para chamadas e mensagens. Não sabe o que são ou para que servem esses celulares? Não se preocupe que o Canaltech te explica.

Design clássico para todos os bolsos

Positivo P70s é um dos principais representantes dos "dumbphones" no Brasil (Imagem: Reprodução/Canaltech)
Positivo P70s é um dos principais representantes dos "dumbphones" no Brasil (Imagem: Reprodução/Canaltech)

Um dos principais destaques de celulares básicos fica para seu design com pequena tela, botões de ação, acabamento básico e teclado padrão T9 — que é composto por 12 teclas: 9 para números (8 delas com letras para escrever texto) e outras 3 para atalhos.

Os celulares básicos de hoje são os celulares comuns populares nos anos 2000. Eles mantêm características como o formato clássico, mas alguns podem se destacar pela combinação do velho com o novo, aliando o antigo design com funções inteligentes e aplicativos populares, incluindo WhatsApp, Facebook, Twitter e até mesmo YouTube e Google Assistente.

Celulares burros, mas nem tanto

Nokia ressuscitou celulares clássicos oferecendo preço baixo, formato antigo e novo acabamento (Imagem: Reprodução/Nokia)
Nokia ressuscitou celulares clássicos oferecendo preço baixo, formato antigo e novo acabamento (Imagem: Reprodução/Nokia)

Com a crescente popularização de dumbphones (inglês para "celulares burros") graças ao preço baixo, o KaiOS se tornou o terceiro sistema operacional mobile mais popular do mundo, ficando atrás do Android do Google e iOS da Apple.

Aplicativos extremamente populares como os já citados WhatsApp e Facebook podem ser acessados facilmente, embora algumas limitações estejam presentes graças às muito básicas especificações dos dispositivos e suas telas pequenas. O WhatsApp, por exemplo, não permite realizar chamadas de voz ou vídeo, embora possa enviar e receber áudios, fotos e vídeos.

Em parceria com o Google, o KaiOS recebeu suporte oficial ao Google Assistente, permitindo acesso rápido a um dos mais populares assistentes virtuais da atualidade.

Celulares com KaiOS no Brasil

Assim como Positivo P70s, Multilaser ZAPP tem suporte para WhatsApp, Twitter, Facebook e YouTube, além de botão dedicado para Google Assistente (Imagem: Reprodução/Multilaser)
Assim como Positivo P70s, Multilaser ZAPP tem suporte para WhatsApp, Twitter, Facebook e YouTube, além de botão dedicado para Google Assistente (Imagem: Reprodução/Multilaser)

Dentre as opções que podem ser encontradas no Brasil estão o Positivo P70s e o Multilaser ZAPP, ambos com mesmo layout de teclas, botão central para Google Assistente e teclado no padrão T9, incluindo atalho para WhatsApp (que é destacado pela Positivo com um adesivo).

Modelos mais simples, como o Nokia 110 e Positivo P26 (além do P28) são ainda mais básicos e não oferecem suporte ao WhatsApp, Facebook e Google Assistente.

Estes modelos com um sistema operacional simples teriam como objetivo pessoas que preferem se comunicar por chamadas telefônicas ou SMS e não necessitam de muito mais além de rádio FM.

Celular para idosos

(Imagem: Andrea Piacquadio/Pexels)
(Imagem: Andrea Piacquadio/Pexels)

Graças às funcionalidades inteligentes combinadas ao design antigo, dumbphones costumam ser a primeira opção para filhos e netos presentearem seus pais e avós, já que os celulares oferecem funções simples e diretas.

Entretanto, é importante levar em consideração que as letras pequenas e teclas compactas podem complicar a vida de pessoas idosas em vez de facilitar.

Assim, muitas vezes a melhor opção acaba sendo um smartphone com tela grande e ajuste do sistema operacional para tornar as letras maiores, facilitando a visibilidade e leitura.

Uma opção minimalista?

Nokia tem apostado em revitalizar seus celulares antigos com design atualizado, KaiOS e melhor acabamento (Imagem: Reprodução/Nokia)
Nokia tem apostado em revitalizar seus celulares antigos com design atualizado, KaiOS e melhor acabamento (Imagem: Reprodução/Nokia)

Para diminuir o vício no celular, reduzir o tempo de uso em redes sociais e evitar centenas de propagandas por dia, tem sido tendência ver jovens e adultos utilizando dumbphones como alternativa aos smartphones.

Vistos como "celulares minimalistas", estes produtos podem oferecer uma ótima alternativa para quem busca desconectar do turbilhão de informações diárias e ao mesmo tempo continuar conversando com familiares e amigos pelo WhatsApp.

O "celular do ladrão"

Anunciado por R$ 279, Positivo P70s pode ser encontrado por preços inferiores (Imagem: Joyce Macedo/Canaltech)
Anunciado por R$ 279, Positivo P70s pode ser encontrado por preços inferiores (Imagem: Joyce Macedo/Canaltech)

Outra alternativa fica para utilizar o dispositivo no dia a dia como um "celular do ladrão", já antecipando um eventual furto ou roubo em caso de abordagem na rua. Em vez de entregar um caro smartphone, usuários compram celulares básicos para ouvir rádio com fone de ouvido durante o caminho para faculdade ou trabalho e entregarem para o bandido sem se preocupar com o valor.

Seja para presentear uma pessoa idosa, utilizar como celular minimalista ou para se livrar de um prejuízo maior em caso de roubo ou furto, o fato é que os dumbphones têm se popularizado nos últimos anos e a tendência ainda é de crescimento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos