Mercado fechará em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    107.282,41
    -1.168,80 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.413,30
    -28,91 (-0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,30
    +0,15 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.669,60
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.450,57
    -119,00 (-0,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    444,42
    -1,56 (-0,35%)
     
  • S&P500

    3.635,79
    -83,25 (-2,24%)
     
  • DOW JONES

    29.171,71
    -512,03 (-1,72%)
     
  • FTSE

    6.881,59
    -123,80 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    17.165,87
    -85,01 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    26.422,05
    +248,07 (+0,95%)
     
  • NASDAQ

    11.166,00
    -389,75 (-3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2736
    +0,0410 (+0,78%)
     

O que é um bioma?

Bioma é um conceito usado para definir uma comunidade de plantas e animais — a flora e fauna — que se desenvolvem em condições ambientais semelhantes, como os padrões climáticos e geologia. A expressão une as palavras gregas Bio (vida) e Oma (grupo ou massa).

Quando o assunto é meio-ambiente, preservação ambiental e ecologia, é recorrente escutar a palavra bioma. Por exemplo, no Brasil, os especialistas contabilizam seis grandes biomas, o que demostra a impressionante riqueza do nosso território. Entre os mais populares, estão a Amazônia e a Mata Atlântica, ambas sob o guarda-chuva generalista das Florestas Tropicais.

Pensando no mundo, as regiões próximas ao Ártico, como o norte do Canadá, da Europa e da Ásia, costumam abrigar regiões de Tundra. Enquanto isso, partes da África e da Ásia são tomadas por desertos, ou seja, ambientes muito secos e com pouca biodiversidade.

Bioma é uma palavra que resume uma comunidade de plantas e animais que dividem o mesmo espaço (Imagem: Tom Fisk/Pexels)
Bioma é uma palavra que resume uma comunidade de plantas e animais que dividem o mesmo espaço (Imagem: Tom Fisk/Pexels)

Entenda o que define um bioma

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) usa a seguinte definição para biomas: "um conjunto de vida vegetal e animal, constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação que são próximos e que podem ser identificados em nível regional, com condições de geologia e clima semelhantes e que, historicamente, sofreram os mesmos processos de formação da paisagem, resultando em uma diversidade de flora e fauna própria".

Os 6 biomas mais comuns no Brasil

Partindo da porcentagem que ocupam no território do Brasil, confira a lista dos seis biomas mais importantes no país, segundo levantamento do IBGE:

1. Amazônia

A Amazônia é o maior bioma encontrado no Brasil (Imagem: Twenty20photos/Envato)
A Amazônia é o maior bioma encontrado no Brasil (Imagem: Twenty20photos/Envato)

O bioma que ocupa a maior área do Brasil é a Amazônia, já que originalmente está presente em 49% do país. Juntando os territórios que se encontram nos países vizinhos, esta é a maior ­floresta tropical do mundo e, segundo o IBGE, "contém 20% da disponibilidade mundial de água e grandes reservas minerais".

Por lá, são pelo menos 13,3 mil espécies de plantas catalogadas e outras 5 mil espécies de animais, como anfíbios, aves e mamíferos. Os mais populares são os peixes, que somam 3 mil espécies.

2. Cerrado

Concentrado no Planalto Central, o Cerrado se espalha por aproximadamente 24% do território brasileiro — praticamente um quarto do país — e é conhecido como a Savana mais rica do mundo em biodiversidade. Atualmente, é um dos biomas mais ameaçados pela pecuária e pela agricultura intensiva.

Apesar de ter como símbolo máximo a onça-pintada e 2,4 mil espécies diferentes de animais, os peixes estão entre os animais com maior diversidade no bioma. São mil espécies diferentes. Enquanto isso, a flora conta com 12,6 mil espécies.

3. Mata Atlântica

O bioma Mata Atlântica é o que abriga o maior número de espécies diferentes da flora brasileira (Imagem: Studio_OMG/Envato)
O bioma Mata Atlântica é o que abriga o maior número de espécies diferentes da flora brasileira (Imagem: Studio_OMG/Envato)

Presente em 13% do território brasileiro, o bioma da Mata Atlântica é o que mais foi devastado no Brasil. Atualmente, menos de 25% de sua cobertura ­florestal original ainda está preservada.

Com a flora mais diversa, a Mata Atlântica apresenta mais de 18,7 mil espécies de plantas, tendo como símbolo a bromélia. Com 2,3 mil espécies de animais, as aves são as mais populares — mais de 900 já foram catalogadas.

4. Caatinga

O bioma Caatinga se estende por aproximada de 10% do país. Da sua área total, pelo menos 36% já foi alterado pela ação humana, que substituiu a vegetação natural por pastagens e áreas de agricultura.

Menos diverso que os biomas anteriores, já foram catalogadas 5,3 mil espécies da flora local. Entre os animais, são aproximadamente mil espécies, com o destaque para a jiboia.

5. Pantanal

Mesmo considerado um bioma pequeno, o Pantanal é a maior planície de inundação contínua da Terra (Imagem: Drummer4uva72894/Envato)
Mesmo considerado um bioma pequeno, o Pantanal é a maior planície de inundação contínua da Terra (Imagem: Drummer4uva72894/Envato)

O Pantanal ocupa cerca de 2% do território brasileiro. Apesar do tamanho, de acordo com o IBGE, este é "reconhecido como a maior planície de inundação contínua do Planeta Terra, constituindo o principal fator para a sua formação e diferenciação em relação aos demais biomas".

No momento, ainda é o bioma que está mais preservado. Neste cenário, pesquisadores já catalogaram 1,1 mil espécies da flora local e cerca de 970 animais.

6. Pampa

O Pampa é um dos menores biomas encontrados no Brasil, concentrado em 2% do território, especialmente na porção Sul. É marcado pela alta umidade do ar e por temperaturas negativas no inverno. Até o momento, foram contabilizados 1,6 mil espécies nativas na flora e cerca de 350 espécies de animais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: