Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,50
    -0,91 (-1,02%)
     
  • OURO

    1.794,10
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    24.104,71
    -270,63 (-1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    571,71
    -19,05 (-3,22%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.791,92
    -79,86 (-0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.666,25
    -15,00 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

O que é o GeForce NOW?

O GeForce NOW é mais uma opção de serviço por assinatura para quem gosta de jogar videogame. Trata-se de um serviço por assinatura para jogar via streaming, ou seja, que roda em qualquer computador ou celular, mesmo com configurações mais fracas.

Isso acontece porque os jogos rodam nos servidores da NVIDIA e, depois, são transmitidos aos usuários pela internet. Por isso, não é preciso ter um bom hardware, mas sim uma boa conexão com a internet. O processo é o mesmo que acontece com o Xbox Cloud Gaming, disponível no Game Pass.

GeForce NOW está disponível em quais plataformas?

O GeForce NOW é compatível com PC, Mac OS, Chrome (em beta), Android e Safari (iPhone e iPad). Para usá-lo, você precisa baixar o aplicativo na loja de aplicativos do seu celular ou abrir o site no navegador.

Os requisitos mínimos de internet são 15 Mbps para jogar com resolução HD, 720p, a 60 quadros por segundo. Para jogar com resolução Full HD, 1080p, a 60 quadros por segundo, é preciso ter uma internet de 25 Mbps.

No Brasil, o serviço de nuvem é fornecido pela empresa ABYA. Por isso, não estranhe caso veja este nome ao lado da marca do GeForce NOW.

O GeForce NOW tem quantos jogos?

Você precisa ter comprado os jogos anteriormente para aproveitá-los no GeForce NOW (Foto: Reprodução/NVIDIA)
Você precisa ter comprado os jogos anteriormente para aproveitá-los no GeForce NOW (Foto: Reprodução/NVIDIA)

Diferentemente do que acontece com o Game Pass, o GeForce NOW não tem um catálogo de jogos à vontade. Os usuários podem jogar apenas os games que eles já tiverem comprado em outras lojas, como Steam, Origin e Epic Games Store. Além disso, os títulos precisam ser compatíveis com o serviço.

Segundo a NVIDIA e a ABYA, são mais de mil títulos compatíveis. Entre eles, estão sucessos como Apex Legends, Control, Cyberpunk 2077, Far Cry 6, Fortnite, Genshin Impact, Life is Strange: True Colors, New World, The Witcher 3: Wild Hunt e mais. Você pode conferir a lista completa aqui.

Quanto custa o GeForce Now?

Conheça as opções disponíveis e seus respectivos preços (Foto: Reprodução/ABYA)
Conheça as opções disponíveis e seus respectivos preços (Foto: Reprodução/ABYA)

O GeForce NOW tem vários planos disponíveis, inclusive um gratuito.

  • Free: na opção gratuita, você pode jogar apenas durante 30 minutos, com gráficos mais limitados (baseado em placas de vídeo GTX). É preciso esperar em uma fila de acesso.

  • 1 mês: nesse plano, que custa R$ 44,99, você pode jogar “sessões de jogo mais extensas” com gráficos melhores (baseado em placas de vídeo RTX, ou seja, com ray tracing e DLSS). Você tem prioridade na fila de acesso, mas ainda terá de esperar.

  • 6 meses: este plano custa R$ 243 e tem os mesmos benefícios do anterior, mas por um período maior.

Infelizmente, os planos de 1 e 6 meses estão esgotados, ou seja, apenas a opção gratuita está disponível. É possível se cadastrar no site oficial para ser notificado quando os planos pagos voltarem à venda.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos