Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,38 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,28 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,95
    +0,42 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.789,90
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    23.875,18
    -6,86 (-0,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,61 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,38 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,89 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.647,50
    -10,75 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2333
    +0,0548 (+1,06%)
     

O que é a NASA e qual o papel da agência espacial dos EUA?

A National Aeronautics and Space Administration, ou simplesmente NASA, é a agência espacial dos Estados Unidos. Você já deve ter ouvido falar de alguma das missões dela ou até de seus astronautas, mas será que sabe, afinal, o que é a NASA e como é o trabalho dela?

Enquanto agência espacial, a NASA é a instituição do governo norte-americano responsável por pesquisas e tecnologias para a exploração espacial, beneficiando também a vida na Terra. A agência é liderada por um administrador indicado pelo presidente dos Estados Unidos que, depois, é confirmado para o cargo por votos do Senado. No momento, este administrador é o ex-astronauta Bill Nelson.

Embora muitas pessoas já tenham ouvido algo sobre o trabalho da agência espacial, poucos conhecem o que ela faz exatamente. Saiba mais sobre a NASA e seu papel:

O que é a NASA?

De forma resumida, podemos dizer que a NASA é uma agência governamental que atua com a pesquisa e desenvolvimento de veículos e atividades para a exploração do espaço. Para isso, a instituição conta com quatro grandes diretorias de missão. Uma delas é a de Pesquisa e Missões em Aeronáutica, voltada para o desenvolvimento de tecnologias de aviação avançadas.

Sala de controle de voo da Estação Espacial Internacional no Johnson Space Center, centro de comando de voos tripulados na NASA (Imagem: Reprodução/NASA)
Sala de controle de voo da Estação Espacial Internacional no Johnson Space Center, centro de comando de voos tripulados na NASA (Imagem: Reprodução/NASA)

Já a diretoria de Missões de Ciência cuida dos programas para a compreensão da origem, estrutura e evolução do universo, Sistema Solar e, claro, da Terra; a diretoria de Missões de Tecnologias Espaciais, por sua vez, é responsável pelo desenvolvimento de tecnologias para a ciência e exploração espacial. Por fim, a de Missões de Exploração e Operações Humanas gerencia missões espaciais tripuladas, incluindo aquelas da Estação Espacial Internacional.

Onde fica a sede da NASA?

A sede da NASA fica em Washington, nos Estados Unidos, e a agência espacial conta com nove centros que se somam a outras 20 instituições, como o Laboratório de Propulsão a Jato; os demais são instalações de testes e pesquisas espalhadas pelo país. Algumas das instalações mais famosas são o Centro Espacial Kennedy, em Cabo Canaveral, na Flórida, de onde são lançadas missões tripuladas, e o centro espacial Johnson em Houston, no Texas, onde é feito o controle das missões tripuladas. É por isso que durante o incidente com a Apollo 13, em 1970, o comandante da missão, Jim Lovell, disse a célebre frase: "Houston, we've had a problem". (Houston, tivemos um problema)

Quantas pessoas trabalham na NASA?

Hoje, mais de 18 mil pessoas trabalham na agência espacial por meio de contratos firmados com o governo dos Estados Unidos. Talvez os astronautas sejam os funcionários mais populares da NASA, mas a verdade é que eles representam apenas uma pequena parte da equipe total da agência espacial — esta é composta por diferentes profissionais, como cientistas, engenheiros, secretários, advogados, professores e mais.

A história da NASA

Relembrar a história da NASA é voltar para o período da Corrida Espacial. Quando os soviéticos deram a largada na disputa em 1957 com o lançamento de Sputnik I, o primeiro satélite artificial levado à órbita da Terra, os Estados Unidos perceberam que precisavam investir em novas tecnologias.

Ameaçados pelos avanços de seus rivais soviéticos, eles decidiram fundar uma agência estatal com base em uma outra já existente, a National Advisory Committee for Aeronautics (NACA), para administrar a pesquisa e o desenvolvimento aeroespacial. Assim, foi em julho de 1958, com a união de algumas instituições do governo norte-americano já existentes, que surgiu a NASA.

Astronautas do Programa Mercury, o primeiro programa de voos espaciais tripulados nos EUA (Imagem: Reprodução/NASA)
Astronautas do Programa Mercury, o primeiro programa de voos espaciais tripulados nos EUA (Imagem: Reprodução/NASA)

Os primeiros passos da agência espacial recém-nascida foram dados em direção à preparação para lançamentos de voos espaciais tripulados. Juntos, os programas Mercury, Gemini e Apollo ajudaram a NASA a aprender como levar pessoas ao espaço e trazê-las de volta em segurança, e proporcionaram feitos históricos — um deles foi a missão Apollo 11, que levou os primeiros astronautas à Lua e marcou a vitória norte-americana na Corrida Espacial.

Hoje, a NASA tem astronautas vivendo e trabalhando em pesquisas científicas a bordo da Estação Espacial Internacional e já enviou sondas robóticas a cada um dos planetas do Sistema Solar e a destinos ainda mais distantes>as sondas Voyager, por exemplo, já deixaram nosso sistema solar e estão no espaço interestelar. Ainda, a agência espacial ajudou a desenvolver e testar diferentes aeronaves e tecnologias; várias delas, como detectores de fumaça, são usadas por nós no cotidiano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos