Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,31
    +0,11 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.825,50
    +11,50 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    29.967,54
    -710,34 (-2,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,60
    +428,92 (+176,74%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    20.312,53
    +362,32 (+1,82%)
     
  • NIKKEI

    26.657,30
    +110,25 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.332,75
    +88,00 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2671
    -0,0134 (-0,25%)
     

O que é MTBF?

Diversas peças de computador ou componentes em geral possuem uma sigla conhecida como MTBF (Tempo Médio Entre Falhas, na sigla em inglês), que é um valor feito para que o consumidor ou empresa possa ter uma estimativa de sua confiabilidade. Desta forma, torna-se possível calcular os custos de substituição de peças ou manutenção dos equipamentos, tornando sua administração mais previsível.

Cada fabricante utiliza a sua própria metodologia para calcular o MTBF, e por isso não é possível comparar dois produtos de fabricantes diferentes para obter uma média. Em geral, os testes consistem em colocar várias unidades de um componente para funcionar ao mesmo tempo: e o resultado obtido é a multiplicação das horas de funcionamento de todas elas juntas, dividido pela somatória de erros calculados.

Cálculo do MTBF pode ser realizado com múltiplas máquinas (Imagem: Auvo)
Cálculo do MTBF pode ser realizado com múltiplas máquinas (Imagem: Auvo)

Por exemplo, se uma empresa colocar 2 mil discos rígidos para funcionar durante um mês seguido (720 horas), e dois deles apresentarem defeitos, o resultado é um defeito a cada 72 mil horas (2000 x 720/2).

Dentro de um ambiente empresarial, a área de TI costuma ser a que mais se preocupa com o MTBF, já que ela é a responsável pela manutenção dos equipamentos. O valor resultante dessa conta também é importante para a elaboração de planos de ação preventiva, evitando ao máximo os danos e a perda de produtividade.

O MTBF pode aparecer junto a outra sigla parecida, a MTTR. Enquanto a primeira diz respeito ao tempo médio entre falhas, a segunda pode definir quanto tempo é gasto para consertar um determinado componente. O cálculo do MTTR é ainda mais simples: basta dividir o tempo em que a peça está parada, pela quantidade de paradas registradas.

MTBF e MTTR são inversamente proporcionais (Imagem: Labone Consultoria)
MTBF e MTTR são inversamente proporcionais (Imagem: Labone Consultoria)

Entretanto, é preciso fazer uma diferenciação importante. O MTBF não serve como uma espécie de garantia contra quebras — como o valor obtido pelos cálculos é apenas uma média, o dispositivo pode apresentar defeitos antes ou depois do prazo estimado.

Na hora de comprar um equipamento novo, é sempre bom olhar o valor do MTBF calculado pela empresa, em que valores maiores são mais positivos. Mas ele não deve ser levado em consideração de forma literal, pois é só uma estimativa de sua confiabilidade, e não um índice preciso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos