Mercado abrirá em 1 h 17 min
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,92
    +1,17 (+1,96%)
     
  • OURO

    1.721,10
    -12,50 (-0,72%)
     
  • BTC-USD

    51.365,86
    +2.224,41 (+4,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.025,48
    +37,38 (+3,78%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.676,00
    +62,25 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.136,00
    +80,75 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8561
    -0,0060 (-0,09%)
     

O que é ICQ? Conheça mais sobre o mensageiro

Guadalupe Carniel
·2 minuto de leitura

Atualmente, é quase impossível imaginar a vida sem usar os famosos aplicativos de mensagens instantâneas. Mas antes do WhatsApp, outros mensageiros foram bem populares, como é o caso do ICQ, que fez muito sucesso na época da internet discada. Em 1998, o ICQ chegou a ter 20 milhões de contas cadastradas. Ele era uma espécie de programa que se instalava no computador e permitia encontrar pessoas e conversar com elas através de salas de bate-papo.

Engana-se aquele que pensa que o programa morreu. Antes dos aplicativos se tornarem populares, o ICQ já tinha uma versão mobile, foi lançada em 1999. Ele se adaptou aos novos tempos e atualmente tem aplicativo para iOS e Android. Com as mudanças nos termos de privacidade do WhatsApp no início do ano, o ICQ teve um crescimento espantoso, principalmente em Hong Kong.

Como funcionava o ICQ

O ICQ foi criado em 1996, por uma empresa israelita chamada Mirabilis, e a sua sigla significa “eu procuro você” (em inglês, “I seek you”). Ao instalá-lo, ele atribuía ao usuário um código de identificação chamado de UIN (Unique Identification Number), que era como se fosse o número de telefone do seu contato do WhatsApp.

No mensageiro, era possível encontrar pessoas por nome, cidade, país, etc. O seu layout era bem simples, não havia formatação de fonte, emoticons, nem como usar webcam. E a mensagem era enviada pelo botão "SEND", pois se clicasse no "Enter" o cursor apenas mudava de linha.

Atualmente o ICQ conta com aplicativo com recursos como outros mensageiros (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Atualmente o ICQ conta com aplicativo com recursos como outros mensageiros (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Além disso, o usuário podia definir seu status como online, ausente (away), ocupado (occupied), não perturbe (do not disturb), invisível (privacy), disponível para chat (free for chat) e desconectado (offline). No ICQ era possível ficar “invisível” e conversar com as pessoas normalmente, recurso que só apareceu no MSN anos depois.

Existia também a “invisible list” e “visible list”. As pessoas na invisible list nunca iriam te ver online, enquanto aquelas que eram adicionadas à visible list sempre iriam te ver online, mesmo se você entrasse no modo invisível.

Como funciona atualmente o ICQ

O ICQ (Android | iOS | Web) modernizou seu aplicativo para concorrer com outros mensageiros e oferece para os seus usuários recursos como: mensagens de texto, voz, vídeo, videochamadas, trocas de arquivos, jogos online e criação de stories. Além disso, é possível logar pelo número do celular, não necessitando mais do seu código de identificação. Também é possível encontrar pessoas de qualquer lugar do mundo, assim como era na versão original.

E você? Já usou o ICQ?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: